Abel Braga destrói prognósticos e deixa o Inter com "cara" de campeão

Alexandre Praetzel
·2 minuto de leitura
Abel Braga pode levar o Inter ao quarto título do Campeonato Brasileiro, após 41 anos. Foto: Pedro H. Tesch/AGIF
Abel Braga pode levar o Inter ao quarto título do Campeonato Brasileiro, após 41 anos. Foto: Pedro H. Tesch/AGIF

Abel Braga voltou ao Inter pela oitava vez, em novembro de 2020. Na sua chegada, muita bronca e protestos de alguns torcedores colorados pelo fato de que Abel estava distante do futebol, após trabalhos ruins em Cruzeiro e Vasco, além de ter sido um profissional diferente do antecessor, Edoardo Coudet.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Abel reestreou pelo Inter contra o América-MG, no mata-mata das quartas-de-final da Copa do Brasil. O time caiu nos pênaltis, depois de uma vitória e uma derrota por 1 a 0. A situação se repetiu nas oitavas da Libertadores da América, com queda nos pênaltis para o Boca Juniors. No dia 10 de dezembro de 2020, multidões de colorados decretaram o fim da temporada para o Inter, com críticas a Abel e o ex-presidente Marcelo Medeiros.

Os dias foram passando e o Inter retomou suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Entre um empate aqui e uma vitória ali, o Inter foi crescendo sem muito crédito, com a mídia(inclusive eu) apontando o favoritismo para São Paulo e Flamengo. E não é que 2021 começou com Abel confirmado até o fim do seu contrato em fevereiro e o Inter empilhando pontos?

A goleada histórica de 5 a 1 sobre o SP, no Morumbi, e a virada diante do Grêmio, quebrando um tabu de 11 Grenais sem vitórias, alçaram o Inter ao quarto título da Série A. O clássico lembrou o Grenal do Século 20, quando o Inter virou de maneira improvável, com dez jogadores sobre um amplo domínio gremista. Se em 1989, o uruguaio Diego Aguirre entrou e mudou o Inter, desta vez foi Abel Hernández que surgiu para iniciar a reação. Outro Abel, que coincidência! O cenário de 2021 foi rememorado, 32 anos depois, ainda que a arbitragem tenha sido bastante discutível. Os fatos parecem estar ao lado de Abel Braga, transformando o Inter novamente em campeão.

Agora, o Inter tem quatro pontos de vantagem sobre o SP, faltando seis rodadas para o final. Enfrenta Red Bull Bragantino, Atlético-PR, Sport, Vasco, Flamengo e Corinthians. Seis decisões para a tentativa de levantar uma taça, 41 anos depois. A caminhada sempre foi longuíssima, mas Abel Braga está atalhando todos os prognósticos contrários. Incrível o que ele já fez, mesmo que não vença o título.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos