Abel afirma que final do Paulistão foi decidida por detalhes: ‘São Paulo não foi melhor do que nós’

·2 minuto de leitura


Na tarde deste domingo (23), o Palmeiras foi derrotado pelo São Paulo no Morumbi por 2 a 0 e ficou na vice colocação do Campeonato Paulista desta temporada. Abel Ferreira, que vinha sendo substituído por seu auxiliar nas coletivas do Paulistão, voltou a dar entrevista depois de um jogo da competição e analisou a derrota na final.

O português iniciou sendo enfático ao afirmar que não houve superioridade do rival na decisão e atribui o rumo que o jogo tomou ao primeiro gol do Tricolor.

– Nosso adversário não foi melhor do que nós em momento algum, a não ser na eficácia e na sorte do primeiro gol. Não criou mais oportunidade, não transitou mais, não teve ataque posicional melhor. Mas quem conseguisse marcar o primeiro gol iria conseguir desbloquear o jogo, porque uma equipe teria que assumir mais riscos – explicou.

>> ATUAÇÕES: Palmeiras vai mal, só cria uma chance e perde decisão do Paulista
>> Confira a tabela da Libertadores e faça sua simulação

Dando sequência à análise, Abel ponderou que o duelo foi decidido apenas nos detalhes e que, inclusive, o Palmeiras teve uma atuação melhor na etapa inicial do jogo de hoje.

– Se formos analisar a primeira parte de forma honesta e séria, fomos melhores. O futebol é isto. Um chute que vai na direção da bandeirinha de escanteio e entra no gol. Sabíamos que seria definido por detalhes e foi. O primeiro gol demonstra bem o que é futebol. Você trabalha, gasta um tempo tremendo, e o jogo é decidido por esse tipo de gol.

Por fim, além de valorizar a campanha do Alviverde até a final do campeonato, o treinador elogiou a qualidade da equipe adversária e parabenizou o rival pelo título.

– Há que dar mérito para o adversário. Não custa admitir que tem qualidade, organização, defendeu bem. Marca muito bem. Parabéns ao adversário. E parabéns para a minha equipe. Passamos por um período difícil. Eliminamos o Bragantino e Corinthians fora – finalizou.

Depois do final do Paulistão, o Palmeiras tenta se reestruturar na temporada para o início das competições nacionais. Depois da partida deste meio de semana contra o Universitario-PER, pela Libertadores, o Verdão já enfrenta o Flamengo no próximo domingo (30), às 16h (horário oficial de Brasília) pela estreia do Brasileirão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos