À espera do River, Verdão fatura R$ 10 mi e dá show nas estatísticas

Jorge Nicola
·2 minuto de leitura
Jogadores comemoram primeiro gol da vitória por 3 a 0, anotado por Scarpa (Cesar Greco/Palmeiras)
Jogadores comemoram primeiro gol da vitória por 3 a 0, anotado por Scarpa (Cesar Greco/Palmeiras)

O Palmeiras ficou R$ 10 milhões mais rico com a classificação para as semifinais da Libertadores. É que os quatro times que seguirem vivos têm direito a US$ 2 milhões de prêmio da Conmebol e o Verdão assegurou sua vaga depois de bater o Libertad por 3 a 0, na noite desta terça-feira, no Allianz Parque.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Mas as boas notícias não param por aí. O time de Abel Ferreira é dono da melhor campanha geral na Libertadores, com oito vitórias, dois empates e nenhuma derrota. Ainda possui o melhor ataque do torneio (29 gols feitos) e alcançou sua maior série invicta na história, igualando uma sequência entre 2001 e 2005.

Leia também:

Quer mais? Pois saiba que Rony se transformou no Senhor Libertadores. Com mais um gol, o segundo no placar de 3 a 0 em cima dos paraguaios, o atacante chegou a quatro na competição, somando ainda outras sete assistências - ele acabou eleito nesta terça-feira o melhor em campo pela terceira vez no torneio.

Essa foi a oitava vez que o Verdão alcançou as semifinais da Libertadores, igualando-se ao Santos. Os recordistas no Brasil são Grêmio e São Paulo, com dez presenças, cada.

Semifinal em casa: O Palmeiras só conhecerá seu adversário da próxima fase na quinta-feira, quando River Plate e Nacional fazem o jogo da volta, no Uruguai, após vitória dos argentinos por 2 a 0 na ida. Mas, independentemente do adversário, já é acerto que o Verdão decidirá a classificação para a final como mandante, por ter melhor campanha.

O primeiro jogo ocorrerá em 5 de janeiro, enquanto a volta será disputada em 12 de janeiro, no Allianz Parque. A passagem alviverde para as semifinais, inclusive, devem fazer com que o clássico contra o Corinthians seja remarcado para 2 de janeiro.

Previsto para 6 de janeiro, o dérbi certamente precisará ser alterado em razão da semifinal e a única data livre é a do início do ano, que estava desocupada porque a CBF pretendia fazer um recesso em meio ao Réveillon.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos