7 vezes em que LaLiga parecia decidida e terminou com uma histórica remontada

Fabio Utz
·3 minuto de leitura

O Atlético de Madrid está com pinta, há alguns meses, de que será campeão espanhol. No entanto, a competição chega a seu terço final com a luta pelo título mais acirrada do que nunca. O time colchonero tem apenas quatro pontos de vantagem para o Barcelona e seis para o Real Madrid. A partir de agora, relembramos sete das mais famosas remontadas da história de LaLiga. Será que algo semelhante pode acontecer na temporada 2020/2021?

1. Real Sociedad (1980/1981)

A Real Sociedad sagrou-se campeã pela primeira vez em sua história, ficando sete pontos à frente do Atlético de Madrid. Os rojiblancos estiveram em primeiro lugar durante grande parte da temporada, da 6ª até 30ª rodada. A equipa basca foi ganhando terreno até assumir a liderança para não mais perdê-la. O Atlético acabou em terceiro, sendo ultrapassado também pelo Real Madrid.

2. Barcelona (1991/1992)

O Barça passou toda a temporada na caça do Real Madrid e chegou à última partida um ponto atrás de seu rival, que estava na liderança desde a sétima rodada. No duelo decisivo, de forma surpreendente e desastrosa, o Real perdeu para o Tenerife por 3 a 2. Já o Barça ganhou seu compromisso e foi campeão contrariando todas as probabilidades.

3. Barcelona (1992/1993)

A maldição do Real Madrid em Tenerife tinha apenas começado na temporada anterior. Em novo campeonato, os merengues voltaram a jogar a última partida no Heliodoro Rodríguez, e a viagem já começou torta, com problemas no avião. Mais uma vez a equipa comandada por Benito Floro chegou líder e, com uma vitória, se sagraria campeã. Mas o roteiro do último ano se repetiu: o Madrid caiu, e o título ficou com o Barcelona.

4. Real Madrid (2002/2003)

A Real Sociedad era a surpresa e estava prestes a fechar seu grande ano com o título de LaLiga. Tinha sete pontos de vantagem sobre o Real Madrid, mas uma derrota para o Celta propiciou a recuperação merengue. A equipe comandada por Vicente Del Bosque foi proclamada campeã na última rodada, com dois pontos de vantagem, após vencer o Athletic Bilbao no Santiago Bernabéu.

5. Valencia (2003/2004)

LaLiga 2003/2004 foi quase que um "cabeça a cabeça" entre Real Madrid e Valencia. A equipe da capital parecia invencível e conseguiu até nove pontos de vantagem, mas acabou se despedaçando. Encadeou uma série histórica de maus resultados, culminando na derrota por 4 a 1 para a Real Sociedad na última rodada. O clube acabou em quarto lugar.

6. Real Madrid (2006/2007)

Foi uma recuperação inesquecível do time comandado por Fabio Capello, que estava seis pontos atrás do Barcelona. O título, assim, veio com um final de temporada praticamente perfeito. A liderança surgiu na 34ª rodada por conta dos critérios de desempate. Na penúltima ronda, o Real perdia em Zaragoza, enquanto o Barça vencia o Espanyol. Com apenas alguns segundos de diferença, Van Nistelrooy empatou para os galácticos, enquanto Raúl Tamudo deixou tudo igual no clássico catalão - o jogo ficou conhecido como El Tamudazo. Com isso, o time da capital entrou na última rodada precisando do mesmo resultado do rival. Venceu o Mallorca e comemorou o título.

7. Barcelona (2014/2015)

Depois de vencer pela décima vez a Champions League, o Real Madrid, de Carlo Ancelotti, iniciou a temporada com pinta de campeão. Em um primeiro momento, parecia que iria confirmar o favoritismo. Porém, perdeu toda a vantagem construída, deixando que o Barcelona assumisse a liderança da 26ª rodada e caminhasse rumo ao título.