7 jogadores de talento inquestionável, mas que estão sempre machucados

Nathalia Almeida
·3 minuto de leitura

Esporte de alto rendimento presume sacrifício, concessões e também sofrimento, afinal de contas, não há atleta que não conviva com dores e contusões durante e no pós-carreira.

Alguns deles, no entanto, chegam a comover os fãs e torcedores pela dificuldade de se manterem saudáveis e aptos para fazer o que mais gostam.

A seguir, listamos 7 jogadores de talento inquestionável, mas que sempre estão no departamento médico por conta de lesões.

1. Douglas Costa

Douglas Costa tem uma carreira marcada por contusões | Stuart Franklin/Getty Images
Douglas Costa tem uma carreira marcada por contusões | Stuart Franklin/Getty Images

Velocidade? Tem. Habilidade? Também. Em termos técnicos, o brasileiro é um daqueles pontas que todo clube sonha em ter, capaz de bagunçar defesas adversárias e criar lances agudos em profusão. Fisicamente, no entanto, Douglas parece já não conseguir acompanhar as demandas atuais, convivendo há longos anos com lesões musculares consecutivas.

2. Aaron Ramsey

Armador galês raramente tem sequências grandes de jogos | Jonathan Moscrop/Getty Images
Armador galês raramente tem sequências grandes de jogos | Jonathan Moscrop/Getty Images

Contratado pela Juventus a custo zero em meados de 2019, o meia galês já perdeu mais de 100 dias de temporada no departamento médico do clube italiano. De acordo com o histórico de lesões do Transfermarkt, já são oito lesões para Ramsey desde que ele desembarcou em Turim. Este, infelizmente, também era o 'padrão' do atleta no Arsenal. Tem muita qualidade e visão de jogo, mas não consegue ter sequência em campo.

3. Marco Reus

As lesões perseguem o meia-atacante alemão e não é de hoje | Lars Baron/Getty Images
As lesões perseguem o meia-atacante alemão e não é de hoje | Lars Baron/Getty Images

O meia-atacante alemão, para a alegria de todos os entusiastas de seu futebol, está conseguindo se manter distante dos problemas físicos em 2020/21. Mas as três temporadas anteriores à atual foram verdadeiros pesadelos para Reus, especialmente 2019/20, quando perdeu mais de 20 partidas do Borussia por motivos clínicos.

4. Eden Hazard

Hazard vive um momento de enorme turbulência em sua carreira | Quality Sport Images/Getty Images
Hazard vive um momento de enorme turbulência em sua carreira | Quality Sport Images/Getty Images

O meia-atacante belga já esteve no top-3 de jogadores mais valiosos do futebol mundial. Hoje, seu valor de mercado está em 'modestos' 50 milhões de euros. Isso é um sintoma de como Hazard tem sofrido desde que deixou o Chelsea rumo ao Real Madrid, em meados de 2019: caminhando para completar dois anos de clube, só conseguiu entrar em campo 36 vezes pelo gigante espanhol. Já são quatro lesões musculares só em 2020/21.

5. Neymar

Craque brasileiro vive sina de lesões | Catherine Steenkeste/Getty Images
Craque brasileiro vive sina de lesões | Catherine Steenkeste/Getty Images

O craque brasileiro é um daqueles casos que nos faz questionar: além do fato de ser perseguido em campo, as inúmeras lesões também podem ser fruto de um extracampo descomedido? Ninguém questiona a qualidade de Neymar, possivelmente o jogador mais habilidoso do mundo na atualidade, mas seu extenso histórico de lesões gera enormes questionamentos acerca de seu custo-benefício no PSG.

6. Ousmane Dembélé

Será que o atacante francês conseguirá ficar livre das lesões nesta temporada? | David Ramos/Getty Images
Será que o atacante francês conseguirá ficar livre das lesões nesta temporada? | David Ramos/Getty Images

O jovem atacante francês, quando está saudável, faz muita diferença no jogo do Barcelona. Ele reúne habilidade, drible, velocidade e bom poder de finalização, não sendo apenas um 'ponta velocista', mas uma verdadeira ameaça à meta adversária. O problema tem sido estar saudável, já que soma 12 lesões diferentes desde que chegou ao clube. Na temporada passada, disputou apenas nove partidas oficiais.

7. Sergio Agüero

Agüero passa por uma temporada delicada | Visionhaus/Getty Images
Agüero passa por uma temporada delicada | Visionhaus/Getty Images

O centroavante argentino sempre foi confiável e sempre correspondeu estando dentro das quatro linhas, mas as últimas duas temporadas, em especial, têm sido complicadas para ele em termos clínicos/físicos. Chegou a perder quatro meses da temporada passada (junho até outubro) por conta de uma lesão no joelho, ao passo que, na atual temporada, esteve fora de combate por mais de 70 dias em virtude de contusões.