7 jogadores que têm o ego maior que o currículo

·3 minuto de leitura

Não é uma regra, mas currículos repletos de títulos normalmente vem acompanhando de egos levemente inflados. O que acontece, no entanto, quando alguns jogadores agem como melhores do mundo mesmo não tendo levantado tantos troféus assim? Temos o motivo dessa lista: atletas ligeiramente narcisistas.

7. Hulk

Hulk está no Atlético-MG desde o começo da temporada. | Pool/Getty Images
Hulk está no Atlético-MG desde o começo da temporada. | Pool/Getty Images

O atacante do Atlético-MG até teve uma passagem vitoriosa pelo Porto, na Primeira Liga, mas nada que componha um currículo invejável. Longe dos principais campeonatos do exterior, Hulk é, sim, um bom jogador, porém nada estelar.

6. Joey Barton

Jogador se envolveu em diversas brigas ao longo da carreira. | Paul Gilham/Getty Images
Jogador se envolveu em diversas brigas ao longo da carreira. | Paul Gilham/Getty Images

Mais conhecido pelas polêmicas nas redes sociais do que pela habilidade dentro das quatro linhas, é impossível não citar Joey Barton nesta lista. O meia teve inúmeras discussões com treinadores, jogadores e até torcedores. Suas principais conquistas são algumas premiações individuais modestas.

5. Gabigol

Gabigol é dono de uma legião de fãs. | Pool/Getty Images
Gabigol é dono de uma legião de fãs. | Pool/Getty Images

Atleta de qualidade e dono de um enorme fã clube, Gabigol faz muito sucesso no Flamengo e tem alguns bons feitos na conta, porém nada que justifique tamanha marra dentro do campo. Aos 24 anos, o camisa 9 ainda precisa provar muita coisa...

4. Felipe Melo

Felipe Melo teve passagem vitoriosa na Turquia. | Alexandre Schneider/Getty Images
Felipe Melo teve passagem vitoriosa na Turquia. | Alexandre Schneider/Getty Images

Felipe Melo vive situação semelhante a de Gabigol no quesito de ter muita qualidade e uma legião de fãs. Contudo, seu currículo simplesmente não é compatível com tanta 'pose' frente aos adversários.

3. Mauro Icardi

Icardi ganhou grande parte dos seus títulos na Ligue 1. | Catherine Steenkeste/Getty Images
Icardi ganhou grande parte dos seus títulos na Ligue 1. | Catherine Steenkeste/Getty Images

O Paris Saint-Germain como um todo é um reduto de narcisismo. O ego de Neymar, por exemplo, é dez vezes maior que o próprio Parque dos Príncipes. Porém, no caso do camisa 10, os títulos respondem. Não podemos dizer o mesmo sobre Mauro Icardi, que possui grande parte das suas taças conquistas na Ligue 1. Embora o Campeonato Francês tenha mostrado bom nível na atual temporada, ainda está muito aquém de La Liga, Premier League e Série A.

2. Alexandre Pato

Pato em ação pelo São Paulo. | Miguel Schincariol/Getty Images
Pato em ação pelo São Paulo. | Miguel Schincariol/Getty Images

Os anos vitoriosos no Milan e o Mundial de Clubes no Internacional jamais serão suficientes para justificar o narcisismo de Alexandre Pato. No final das contas, o atacante é um bom jogador e teve desempenho destacado em algumas temporadas. Nada além disso.

1. Zlatan Ibrahimović

Ibrahimovic não poupa elogios a si mesmo. | Jonathan Moscrop/Getty Images
Ibrahimovic não poupa elogios a si mesmo. | Jonathan Moscrop/Getty Images

"Não necessito da Bola de Ouro para saber que sou o melhor", "Se trocarem a Torre Eiffel por minha estátua, ficarei no PSG. Prometo", "Só Deus sabe...está falando com ele agora". Essas são algumas das mais ilustres frases ditas por Ibrahimović ao longo da carreira. Podemos concordar que ele é um verdadeiro personagem, certo? Seu currículo é, sim, repleto de títulos importantes, porém ainda restam algumas taças para deixá-lo no nível que ele acredita ter chegado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos