As 7 classificações mais apoteóticas da história da Libertadores

·3 minuto de leitura

Ao longo dos anos, a Copa Libertadores escreveu alguns histórias singulares. Foram muitas viradas, remontadas, títulos conquistados nos últimos minutos, entre outros. Na noite desta quarta-feira (26), mais um episódio memorável: o Olimpia conseguiu tirar uma diferença de quatro gols diante do Táchira. Depois de uma partida eletrizante, expulsões e oito gols, o placar de 6 a 2 permitiu que os paraguaios avançassem.

Relembramos outras classificações gloriosas no torneio continental.

1. Argentinos Juniors 2 x 4 Fluminense - 2011

Rafael Moura foi um dos heróis da noite. | JUAN MABROMATA/Getty Images
Rafael Moura foi um dos heróis da noite. | JUAN MABROMATA/Getty Images

O Tricolor chegou à última rodada como lanterna do Grupo 3, somando míseros cinco pontos. Os comandados de Enderson Moreira precisavam vencer, torcer por uma combinação improvável de resultados e ainda golear para melhorar as estatísticas nos critérios de desempate. E o Fluminense, novamente, contrariou qualquer projeção ao aplicar 4 a 2, gols de Júlio César, Fred (duas vezes) e Rafael Moura.

2. Grêmio 1 x 2 River Plate - 2018

Virada dramática na Libertadores 2018. | Lucas Uebel/Getty Images
Virada dramática na Libertadores 2018. | Lucas Uebel/Getty Images

Após vencer no Monumental de Núñez por 1 a 0, o Grêmio recebeu o River Plate em casa e estava com a vitória assegurada até os 36 minutos do primeiro tempo. Rumo à final? Nada disso. Os argentinos buscaram a dramática classificação, que teve expulsão de Bressan, pênalti, virada e, posteriormente, mais um título garantido aos millonarios.

3. São Paulo 4 x 0 Newell's Old Boys - Libertadores 1993

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em casa, o Newell's Old Boys venceu o São Paulo por 2 a 0 e colocou boa diferença nas oitavas de final. No entanto, o Tricolor Paulista estava determinado a conquistar o título e aplicou 4 a 0 no duelo de volta.

4. Lanús 4 x 2 River Plate - 2017

Partida teve contornos dramáticos. | Marcelo Endelli/Getty Images
Partida teve contornos dramáticos. | Marcelo Endelli/Getty Images

Tudo parecia conspirar de forma favorável ao River Plate. Depois de vencer o primeiro jogo por 1 a 0, os millonarios colocaram mais dois gols de vantagem ainda no início do segundo confronto. Contudo, ninguém poderia prever o que viria na sequência: o Lanús marcou quatro gols e se classificou à grande final, onde caiu diante do Grêmio.

5. Flamengo 0 x 3 América-MEX - 2008

Esta partida não está entre as favoritas do Mais Querido. | ANTONIO SCORZA/Getty Images
Esta partida não está entre as favoritas do Mais Querido. | ANTONIO SCORZA/Getty Images

Em 2008, o América do México calou o Maracanã depois de vencer o Flamengo por 3 a 0. Isolado, o resultado pode até não dizer muito, mas precisamos lembrar do contexto: na partida de ida, o Rubro-Negro havia aplicado 4 a 2. Os mexicanos avançaram às quartas.

6. Fluminense 3 x 1 Boca Juniors - 2008

Contrastes que só o futebol proporciona... | ANTONIO SCORZA/Getty Images
Contrastes que só o futebol proporciona... | ANTONIO SCORZA/Getty Images

No primeiro jogo da semifinal, Boca Juniors e Fluminense ficaram no 2 a 2. Tudo seria decidido em pleno Maracanã. Os xeneizes saíram na frente e balançaram as redes com Palermo. Porém, o clube das Laranjeiras, representado por Washington, Dodô e Ibarra (contra), buscou a virada e consequente vaga na finalíssima.

7. Universidad de Chile 6 x 0 Deportivo Quito - 2012

Muitos gols no placar agregado... | AFP/Getty Images
Muitos gols no placar agregado... | AFP/Getty Images

Foi aqui que pediram muitos gols? Em 2012, a Universidad de Chile sofreu uma acachapante derrota por 4 a 1 ante o Deportivo Quito. No segundo jogo, devolveu um placar ainda mais elástico: 6 a 0 e vaga confirmada nas oitavas de final.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos