7 campeões olímpicos na Rio 2016 que atuam no futebol brasileiro hoje

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Seleção Brasileira conquistou a inédita medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Naquela oportunidade, em 2016, o Brasil contava com um esquadrão bastante competitivo e que logo se espalhou pelas praças do futebol mundial. Gabriel Jesus, por exemplo, deixou o Palmeiras e foi para o Manchester City. E esse é apenas um exemplo, já que vários outros “brazucas” também deixaram o país, e isso todo mundo sabe. Mas você sabe quais dos medalhistas ficaram (ou foram e voltaram) em sua terra natal?

Sem mais delongas, confira abaixo 7 campeões olímpicos no Rio 2016 que atuam no futebol brasileiro hoje – lembrando que faltam 7 dias para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

1. Zeca

Zeca era apenas uma promessa do Santos em 2016. | LUIS ACOSTA/Getty Images
Zeca era apenas uma promessa do Santos em 2016. | LUIS ACOSTA/Getty Images

Formado no Santos, o lateral Zeca era cotado como uma das grandes revelações da posição nos Jogos Olímpicos de 2016. À época, o versátil atleta chamava atenção no Peixe e no Brasil e era ventilado na Europa, o que não acabou vingando.

Após deixar a Vila, o defensor passou pelo Internacional e pelo Bahia e hoje defende o Vasco.

2. Rodrigo Caio

Rodrigo Caio também conquistou o ouro com o Brasil nas Olímpiadas de 2016. | Clive Mason/Getty Images
Rodrigo Caio também conquistou o ouro com o Brasil nas Olímpiadas de 2016. | Clive Mason/Getty Images

Rodrigo Caio surgiu no São Paulo e lá conseguiu uma vaga para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Voando no Tricolor, o zagueiro correspondeu na Seleção e inclusive foi titular na finalíssima contra a Alemanha. Ele defende o Flamengo desde 2019.

3. Luan

Luan foi muito bem nas Olímpiadas do Rio de Janeiro. | Paul Gilham/Getty Images
Luan foi muito bem nas Olímpiadas do Rio de Janeiro. | Paul Gilham/Getty Images

O meia-atacante Luan era um dos destaques do futebol da América do Sul em 2016. Com a camisa do Grêmio, o “Rei da América” dava show e enfileirava conquistas, incluindo a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos do Rio. Nas últimas temporadas, no entanto, ele caiu de produção e foi parar no banco de reservas do Corinthians.

4. Gabigol

Gabigol ajudou o Brasil a conquistar o ouro nos Jogos Olímpicos do Rio. | Clive Mason/Getty Images
Gabigol ajudou o Brasil a conquistar o ouro nos Jogos Olímpicos do Rio. | Clive Mason/Getty Images

Gabriel Barbosa foi outro brasileiro que se destacou nas Olímpiadas de 2016. À época, Gabigol era peça importante no Santos e no Brasil e isso o levou à Inter de Milão. Já na Europa, o camisa 9 não conseguiu emplacar e foi emprestado ao Benfica e ao próprio Peixe. Em 2019, o atacante chegou ao Flamengo e se reencontrou.

5. Luan Garcia

Luan Garcia e o ouro nas Olímpiadas de 2016. | VANDERLEI ALMEIDA/Getty Images
Luan Garcia e o ouro nas Olímpiadas de 2016. | VANDERLEI ALMEIDA/Getty Images

O zagueiro Luan Garcia, ex-Vasco e que desde 2017 defende o Palmeiras, também escreveu o nome na história da Seleção Brasileira nas Olímpiadas de 2016. Naquela oportunidade, o defensor era menos criticado do que hoje. Vale destacar que ele é companheiro de Weverton, que também participou daquela conquista, no Verdão.

6. Rodrigo Dourado

Rodrigo Dourado participou das Olímpiadas de 2016. | MARTIN BERNETTI/Getty Images
Rodrigo Dourado participou das Olímpiadas de 2016. | MARTIN BERNETTI/Getty Images

O meio-campista Rodrigo Dourado é um homem de um clube só. Apesar de ter sido ventilado em outras praças, o volante nunca abandonou o Internacional, clube que o lançou ao futebol em 2012. Aos 27 anos, o atleta tem o ouro olímpico como uma das suas maiores conquistas.

7. Thiago Maia

Thiago Maia foi para a França após os Jogos Olímpicos, mas voltou ao Brasil recentemente. | Clive Mason/Getty Images
Thiago Maia foi para a França após os Jogos Olímpicos, mas voltou ao Brasil recentemente. | Clive Mason/Getty Images

Thiago Maia foi revelado pelo Santos e atuou no Brasil por algumas temporadas. Porém, após conquistar o ouro olímpico, o meio-campista foi negociado com o Lille, da França, em 2017. Ele voltou ao seu país no ano passado, quando se acertou com o Flamengo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos