7 brasileiros que desapontaram seus torcedores ao cair nas oitavas da Libertadores

·3 minuto de leitura

As oitavas de final da Libertadores começam nesta terça-feira. E os brasileiros, para se manter vivos, não podem repetir alguns pequenos vexames que eles próprios deram. Relembramos, aqui, sete times que já desapontaram seus torcedores nesta etapa do torneio continental.

1. Internacional (2011)

Uruguaios fizeram a remontada em pleno Beira-Rio | Edu Andrade/Getty Images
Uruguaios fizeram a remontada em pleno Beira-Rio | Edu Andrade/Getty Images

Defendendo o título conquistado no ano anterior, o Internacional, sob o comando de Paulo Roberto Falcão, empatou a partida de ida das oitavas diante do Peñarol, em Montevidéu, em 1 a 1. Ou seja, tinha tudo para garantir vaga no Beira-Rio, ainda mais depois que abriu o placar, com facilidade, ainda no primeiro tempo. No entanto, tomou a virada logo na arrancada da etapa final, perdeu a partida por 2 a 1 e foi eliminado.

2. Fluminense (2011)

Paraguaios do Libertad reverteram a vantagem carioca | Luis Vera/Getty Images
Paraguaios do Libertad reverteram a vantagem carioca | Luis Vera/Getty Images

Na mesma noite da queda do Inter, o Fluminense também decepcionou. Levou para o Paraguai uma vantagem de 3 a 1, mas tomou 3 a 0 na segunda partida, sendo que dois gols saíram a partir dos 40 minutos da etapa final.

3. Cruzeiro (2011)

Raposa entregou vaga para o Once Caldas | AFP/Getty Images
Raposa entregou vaga para o Once Caldas | AFP/Getty Images

Se não bastasse Flu e Inter, o Cruzeiro ainda viu seu favoritismo se esvair ao mesmo tempo, frente ao Once Caldas-COL. Fora de casa, a Raposa conseguiu uma tranquila vitória por 2 a 1. Ou seja, podia até perder por 1 a 0 em Minas Gerais. Pois não é que levou 2 a 0 e colocou toda uma campanha no lixo?

4. Grêmio (2013)

Tricolor tinha uma equipe recheada de estrelas | Luis Ramirez/Getty Images
Tricolor tinha uma equipe recheada de estrelas | Luis Ramirez/Getty Images

O Grêmio montou um exaltado time de astros para tentar reconquistar a América. Vieram nomes como Dida, André Santos, Cris, Eduardo Vargas, Hernán Barcos, Adriano entre outros. Pois o time acabou eliminado pelo bem menos poderoso Santa Fe-COL. O Tricolor, do técnico Vanderlei Luxemburgo, venceu por 2 a 1, em casa, a partida de ida, mas tomou 1 a 0 na altitude de Bogotá e ficou pelo caminho.

5. Palmeiras (2017)

Verdão perdeu a classificação nos pênaltis | Alexandre Schneider/Getty Images
Verdão perdeu a classificação nos pênaltis | Alexandre Schneider/Getty Images

Foi no Allianz Parque que o Palmeiras deu adeus ao principal objetivo daquela temporada. Vindo da conquista do título brasileiro, conseguiu devolver o 1 a 0 do primeiro jogo, mas levou 5 a 4 nos pênaltis do Barcelona-EQU e viu o rival avançar.

6. Atlético-MG (2017)

Time alvinegro ficou pelo caminho contra rival boliviano | Pedro Vilela/Getty Images
Time alvinegro ficou pelo caminho contra rival boliviano | Pedro Vilela/Getty Images

O Atlético-MG foi outro time a protagonizar um pequeno vexame nas oitavas de 2017. Contra os bolivianos do Jorge Wilstermann, perdeu por 1 a 0 fora de casa, mas todos tinham a certeza que o melhor clube da fase de grupos reverteria este cenário facilmente no Mineirão. Ficou no 0 a 0 e revoltou sua torcida.

7. Flamengo (2020)

Flamengo caiu em pleno Maracanã diante do Racing | Pool/Getty Images
Flamengo caiu em pleno Maracanã diante do Racing | Pool/Getty Images

Grande time do continente, o Flamengo havia conquistado, com méritos, a Libertadores no ano anterior. Mesmo diante de um poderoso Racing-ARG, era considerado amplo favorito. Com dois empates em 1 a 1, entregou a vaga nos pênaltis, em pleno Maracanã, ao tomar de 5 a 3. Ali, era o início da era Rogério Ceni no clube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos