6 grandes jogadores que não vivem a melhor das relações com seus clubes hoje

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

Seja por falta de futebol, mau comportamento, lances pontuais ou estremecimento na relação profissional, é fato que alguns grandes jogadores que atuam no futebol brasileiro não vivem seus melhores momentos. E isso, claro, complica o futebol deles e o futuro dentro dos respectivos clubes.

Junto à torcida ou no ambiente interno, ao menos seis nomes de expressão se encontram um tanto quanto queimados. Isso não quer dizer que o panorama não possa mudar rapidamente, mas é sempre um complicador a mais... Confira quem são eles:

1. Maicon - Grêmio

Problemas físicos o afastam constantemente do time | SILVIO AVILA/Getty Images
Problemas físicos o afastam constantemente do time | SILVIO AVILA/Getty Images

Mesmo que seja líder e uma referência técnica do Grêmio, o fato de pouco conseguir entrar em campo por conta de sua questão física pesa quando a torcida pensa no futuro da equipe. Isso sem contar que sua expulsão frente ao Del Valle, na última quarta-feira, influiu de forma decisiva na eliminação ainda na chamada pré-Libertadores.

2. Luiz Adriano - Palmeiras

Centroavante sofreu repreensão pública do Verdão | Buda Mendes/Getty Images
Centroavante sofreu repreensão pública do Verdão | Buda Mendes/Getty Images

O momento, definitivamente, não é bom para o centroavante. Ele pegou Covid-19, não respeitou o isolamento para levar a mãe ao supermercado e ainda se envolveu em acidente no qual atropelou um ciclista. Foi publicamente repreendido pelo clube e, na volta ao time, errou pênalti na disputa que culminou na perda do título da Recopa Sul-Americana.

3. Luan - Corinthians

Estilo do atleta não pega bem junto à torcida | Alexandre Schneider/Getty Images
Estilo do atleta não pega bem junto à torcida | Alexandre Schneider/Getty Images

Está há mais de um ano no Corinthians e a torcida ainda não conseguiu o "engolir". Seu estilo de jogo, definitivamente, não combinou com o Timão.

4. Paulo Henrique Ganso - Fluminense

Meia não consegue desempenhar bom futebol | Miguel Schincariol/Getty Images
Meia não consegue desempenhar bom futebol | Miguel Schincariol/Getty Images

A contratação de Ganso pelo Fluminense foi tratada como uma oportunidade de mercado. Além disso, era a chance de uma retomada na carreira do meia. Pois é.... A retomada nunca aconteceu. Tem histórico de expulsão, discussão com técnico e pouquíssimo futebol.

5. De Arrascaeta - Flamengo

Meia cria impasse cobrando valorização | Buda Mendes/Getty Images
Meia cria impasse cobrando valorização | Buda Mendes/Getty Images

O meia, por "serviços prestados", cobra valorização salarial e acredita em não cumprimento de acordo para renovação de seu contrato com compra de parte dos direitos econômicos que pertencem ao Defensor Sporting, do Uruguai. O impasse está formado, e não pegou nada bem.

6. Marinho - Santos

Atacante ignorou cumprimento de técnico após troca | Pool/Getty Images
Atacante ignorou cumprimento de técnico após troca | Pool/Getty Images

O atacante não gostou nem um pouco de ser substituído na partida contra o San Lorenzo, pela Libertadores. Ignorou o cumprimento do técnico Ariel Holan e demonstrou profunda irritação. Foi obrigado a pedir desculpas. Não chega a estar queimado na acepção da palavra, mas nunca pega bem um ato como este. Foi bastante criticado pelo torcedor santista nas redes sociais.