6 estrelas do futebol mundial que nunca conquistarão títulos com suas seleções

Antonio Mota
·2 minuto de leitura

O futebol evoluiu consideravelmente em todo o mundo nas últimas décadas, de modo que hoje é muito difícil encontrar seleções extremamente fracas, sobretudo nos níveis mais altos de competição – Europa e América do Sul, principalmente. Porém, ainda assim, há nações que não conseguem competir por títulos e algumas das grandes estrelas do futebol mundial acabam “pagando o pato”. Veja abaixo 6 estrelas do futebol que dificilmente vão conquistar um título com suas seleções.

1. Jan Oblak (Eslovênia)

Jan Oblak não vai ganhar nada com a Eslovênia. | Pixsell/MB Media/Getty Images
Jan Oblak não vai ganhar nada com a Eslovênia. | Pixsell/MB Media/Getty Images

Um dos melhores goleiros do mundo na atualidade, o arqueiro Jan Oblak, do Atlético de Madrid, não deu muita sorte com sua seleção. Ele nasceu na Eslovênia e sabe que dificilmente vai gritar “campeão” com a camisa de seu país.

2. Alphonso Davies (Canadá)

Alphonso Davies dificilmente vai conquistar algum troféu com o Canadá. | Matthew Ashton - AMA/Getty Images
Alphonso Davies dificilmente vai conquistar algum troféu com o Canadá. | Matthew Ashton - AMA/Getty Images

Veloz, talentoso e astuto, o lateral Alphonso Davies nasceu em Gana, mas se naturalizou e defende o Canadá. Aos 20 anos, o lateral do Bayern de Munique vai precisar reinventar o futebol de sua seleção para brigar por títulos.

3. Sadio Mané (Senegal)

Sadio Mané é o cara do Senegal. | Xaume Olleros/Getty Images
Sadio Mané é o cara do Senegal. | Xaume Olleros/Getty Images

Ídolo do Liverpool, Sadio Mané teria espaço em praticamente qualquer seleção do mundo na atualidade. Porém, ele não quis se naturalizar e vai ter que defender a bandeira de Senegal até os últimos dias de sua carreira. Aos 28 anos, o velocista é uma lenda na África.

4. Mohamed Salah (Egito)

Craque do Liverpool, Mohamed Salah não tem um esquadrão tão bom no Egito. | Visionhaus/Getty Images
Craque do Liverpool, Mohamed Salah não tem um esquadrão tão bom no Egito. | Visionhaus/Getty Images

Outra fera do Liverpool: Mohamed Salah. Estrela dos Reds, o cobiçado atacante nasceu e representa o Egito e isso o afasta de praticamente qualquer conquista por seleções. De todo modo, ele é uma grande referência dentro e fora de campo em seu país.

5. Robert Lewandowski (Polônia)

Robert Lewandowski sofre na Polônia. | PressFocus/MB Media/Getty Images
Robert Lewandowski sofre na Polônia. | PressFocus/MB Media/Getty Images

Atual Melhor Jogador do Mundo da FIFA e estrela do Bayern de Munique nas últimas temporadas, Robert Lewandowski representa a modesta Polônia dentro de campo. Ele certamente não vai conseguir dar nenhum título para o seu povo.

6. Erling Haaland (Noruega)

Erling Haaland vai ter que realizar um milagre na Noruega para brigar por títulos. | Quality Sport Images/Getty Images
Erling Haaland vai ter que realizar um milagre na Noruega para brigar por títulos. | Quality Sport Images/Getty Images

Visto como um dos jovens mais promissores do futebol mundial, Erling Haaland, do Borussia Dortmund, tem bons companheiros na Noruega, mas não o suficiente para conquistar um título. O destaque do BVB não quis abandonar o seu país e isso tem um preço.