5 vezes que a resposta dos jogadores foi melhor que a zoeira feita com eles

Antonio Mota
·2 minuto de leitura

O lateral-direito Rafinha, do Flamengo, foi alvo de zoações nos últimos dias, especialmente pelos torcedores do Fluminense. Nas redes sociais, os tricolores diziam que o veterano era ‘esquenta banco’, que só ‘servia para pegar enérgico’ no Bayern de Munique. Campeão carioca, o camisa 13 respondeu distribuindo isotônico para o grupo multicampeão.

A ‘réplica’ do lateral, no entanto, não foi a única vez em que um jogador de futebol respondeu melhor do que a resenha dos fãs da bola. Confira este e outros exemplos na lista abaixo:


5. Rafinha distribuindo 'isotônico'

Rafinha e o isotônico.
Rafinha e o isotônico.

Campeão carioca no Fla-Flu, Rafinha respondeu as provocações aos tempos em que ele atuava no futebol alemão com um isopor e muito isotônico. Agora, os torcedores do Fluminense vão pensar duas vezes antes de zoar o camisa 13.


4. "Vou deitar e rolar", disse Walter

À época, Walter era uma das sensações do futebol brasileiro.
À época, Walter era uma das sensações do futebol brasileiro.

Provocado por ser ‘gordinho’, o atacante Walter, atualmente no Athletico Paranaense, respondeu aos críticos com o famoso “vou deitar e rolar” antes de duelo contra o Flamengo, na Copa do Brasil de 2013, quando ainda atuava no Goiás. O artilheiro, no entanto, não ficou só na frase icônica: ele, realmente, deitou e rolou no rubro-negro e em várias outras partidas.


3. Roger não deixou os torcedores do Galo esquecer do 6 a 1

Roger mandou um "6 a 1" para os torcedores do Galo.
Roger mandou um "6 a 1" para os torcedores do Galo.

Roger foi um dos grandes protagonistas dos 6 a 1 do Cruzeiro em cima do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro de 2011. Á época, após muitas críticas dos alvinegros, ele deu a resposta da foto acima. “Eles sempre pegaram no meu pé dentro de campo e eu tentava retribuir”, disse o ex-jogador em entrevista recente.


2. Renato Gaúcho e o gol de barriga

Renato silenciou a Nação Rubro-Negra com um gol de barriga.
Renato silenciou a Nação Rubro-Negra com um gol de barriga.

Polêmico! Renato Gaúcho ouviu muita zoação dos torcedores do Flamengo enquanto estava no Fluminense. Naquela oportunidade, em 1995, o ex-atacante calou a Nação Rubro-Negra com um gol de barriga improvável aos 42’ do segundo tempo. A bola inusitada no fundo das redes calou o Maracanã e ainda acabou com um jejum de 9 anos do Tricolor das Laranjeiras no estadual.


1. Lionel Messi x Santiago Bernabéu

Messi protagonizou, também, uma das maiores comemorações da história do esporte.
Messi protagonizou, também, uma das maiores comemorações da história do esporte.

Gênio, Lionel Messi é – apesar de tudo – extremamente ‘trolado’ pelos torcedores do Real Madrid, que já o provocaram de todas as maneiras. Em 2017, no entanto, o craque mudou um pouco o tom dos madridistas ao marcar um gol e levantar sua camisa no Santiago Bernabéu lotado de fãs dos Blancos. A comemoração, sem dúvidas, é uma das mais emblemáticas da história do esporte.