5 times que prometeram muito e foram um fiasco

·2 minuto de leitura

Time bom nem sempre ganha. Isso é mais comum do que se pode imaginar. Pois, ao longo da história, clubes brasileiros tiveram temporadas em que investiram e ficaram no "quase". É hora de relembrar cinco equipes que prometiam muito e não entregaram quase nada.

1. Grêmio - 2000

Gabriel Amato foi um dos nomes trazidos pela direção | Ben Radford/Getty Images
Gabriel Amato foi um dos nomes trazidos pela direção | Ben Radford/Getty Images

O time da ISL, com suas estrelas, fracassou. Astrada, Amato, Paulo Nunes, Nenê... A equipe, montada para buscar grandes títulos naquele ano, contava ainda com Ronaldinho Gaúcho e, no máximo, chegou à semifinal da Copa João Havelange (assim foi denominado o Campeonato Brasileiro). Título que é bom...

2. Flamengo - 1995

Romário desembarcou na Gávea, para delírio dos rubro-negros | Ben Radford/Getty Images
Romário desembarcou na Gávea, para delírio dos rubro-negros | Ben Radford/Getty Images

O ataque de Romário, Sávio e Edmundo não deu nada certo. Tanto que foi apelidado de "o pior do mundo". O Fla acabou perdendo até mesmo o Campeonato Carioca - Renato Portaluppi, com um gol de barriga, deu a taça ao Fluminense. O melhor resultado se deu na Supercopa da Libertadores, com o vice-campeonato

3. Internacional - 2011

Bolatti chegou para reforçar o Colorado, mas não deu muito resultado | Edu Andrade/Getty Images
Bolatti chegou para reforçar o Colorado, mas não deu muito resultado | Edu Andrade/Getty Images

O Colorado, mesmo com o fracasso diante do Mazembe no fim do ano anterior, vinha do título da Libertadores e reforçou seu elenco com nomes como Cavenaghi e Bolatti. Pois o time caiu nas oitavas da competição continental, em casa, diante do Peñarol. As estrelas foram suficientes, apenas, para ganhar o Gauchão.

4. São Paulo - 2015

Nem Luis Fabiano conseguiu ajudar muito o Tricolor | Friedemann Vogel/Getty Images
Nem Luis Fabiano conseguiu ajudar muito o Tricolor | Friedemann Vogel/Getty Images

Um time que tem Rogério Ceni, Rodrigo Caio, Reinaldo, Ganso, Michel Bastos, Alexandre Pato e Luis Fabiano, na teoria, não é feito para perder. Pois só perdeu. A temporada fez parte do gigante jejum de títulos do Tricolor.

5. Cruzeiro - 2019

Meia foi apenas uma das contratações da Raposa | Bruna Prado/Getty Images
Meia foi apenas uma das contratações da Raposa | Bruna Prado/Getty Images

O rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro foi apenas uma consequência de uma administração perdulária. No entanto, é fato que a Raposa investiu, e muito, para a temporada que culminou na sua queda. Dodô, Orejuela, Pedro Rocha, Marquinhos Gabriel, Jadson, Rodriguinho. Todos chegaram ao clube naquele ano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos