5 razões para acreditar que o jogo de hoje pode ser o "Gre-Nal do século"

Antonio Mota
·3 minuto de leitura

A Conmebol Libertadores de 2020 foi parceira dos fãs do esporte e colocou Grêmio e Internacional no mesmo grupo. À época, tricolores, colorados, imprensa e demais amantes da bola falavam em “Gre-Nal do Século”. Porém, na prática, o clássico gaúcho foi mais pancadaria, confusão e punições do que futebol e no fim das contas não afetou a trajetória das equipes no torneio sul-americano – ambas avançaram ao mata-mata.

Diante deste cenário, há motivos para acreditar que o “Gre-Nal do Século” ainda não aconteceu e que o verdadeiro clássico gaúcho do século pode acontecer na tarde de hoje (24), no Beira-Rio, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Veja abaixo 5 razões para acreditar que o duelo deste domingo pode ser o “Gre-Nal do Século XXI”.

1. Pelo Brasileirão

Internacional e Grêmio sonham com o troféu do Brasileirão 2020. | Pool/Getty Images
Internacional e Grêmio sonham com o troféu do Brasileirão 2020. | Pool/Getty Images

Se o Gre-Nal da Conmebol Libertadores não alterou o caminho das equipes na competição sul-americano, o de hoje pode impactar diretamente na trajetória dos times no Campeonato Brasileiro. Líder, o Internacional tem 59 pontos – um a mais do que o vice São Paulo – e precisa da vitória para seguir ‘folgado’ na ponta do torneio. O Grêmio, por sua vez, tem 51 pontos e é o sexto na tabela, o que o coloca como um candidato distante ao título. E, claro, os arquirrivais também querem atrapalhar um ao outro.

2. Encontro entre Renato Portaluppi e Abel Braga

Renato Portaluppi e Abel Braga vão se enfrentar pela primeira vez em um Gre-Nal. | Pool/Getty Images
Renato Portaluppi e Abel Braga vão se enfrentar pela primeira vez em um Gre-Nal. | Pool/Getty Images

O clássico gaúcho de hoje também marca um encontro mais do que especial e histórico. Ídolos, multicampeões e fortemente identificados com suas cores, Abel Braga e Renato Portaluppi vão se enfrentar pela primeira vez em um Gre-Nal – o que coloca um sabor a mais no embate. Quem vai comemorar no final?

3. Lembrança de 2009 – de olho no Fla

Com David Braz em campo, o Flamengo bateu o Grêmio e foi campeão Brasileiro de 2009... O Inter era o principal concorrente do Rubro-Negro. | ANTONIO SCORZA/Getty Images
Com David Braz em campo, o Flamengo bateu o Grêmio e foi campeão Brasileiro de 2009... O Inter era o principal concorrente do Rubro-Negro. | ANTONIO SCORZA/Getty Images

Da história. Nesta temporada, o Internacional tem o Flamengo como um dos principais concorrentes ao título do Brasileirão, assim como aconteceu em 2009. Naquela oportunidade, o Rubro-Negro venceu o Imortal de virada e arrancou o troféu das mãos do Colorado. Há quem diga que o Tricolor “entregou” o jogo para o arquirrival não ser campeão...

Seja como for, o Mais Querido ainda vai enfrentar o Inter e o Grêmio nesta reta final do Brasileiro e os resultados destas partidas serão determinantes para o desfecho da liga. Vale ficar de olho.

4. Grêmio quer barrar feito histórico do Inter

O Internacional pode igualar feito do Flamengo de 2019 e do Cruzeiro de 2003, mas o Grêmio não quer deixar. | Getty Images/Getty Images
O Internacional pode igualar feito do Flamengo de 2019 e do Cruzeiro de 2003, mas o Grêmio não quer deixar. | Getty Images/Getty Images

A rivalidade entre Grêmio e Internacional extrapola qualquer limite. E isso faz com que os clubes se esforcem ao máximo para que o outro não consiga decolar ou ter marcas históricas positivas. No duelo de hoje, por exemplo, o Imortal vai fazer de tudo para que o Colorado não iguale uma marca histórica do Cruzeiro de 2003 e do Flamengo de 2019: ter oito vitórias consecutivas no Brasileirão.

5. Colorado busca superar jejum frente ao Imortal

O Grêmio não perde um Gre-Nal há 11 partidas... O Inter segue mordido. | Pool/Getty Images
O Grêmio não perde um Gre-Nal há 11 partidas... O Inter segue mordido. | Pool/Getty Images

Um outro detalhe cada vez mais importante é o jejum que cerca o Gre-Nal: o Internacional não vence o Grêmio há 11 partidas – desde setembro de 2018. O Imortal certamente vai se esforçar para manter o seu bom retrospecto, enquanto o Colorado vai com sangue nos olhos para quebrar tal marca.