5 possíveis nomes para assumir o Goiás, após demissão de Augusto César

Lucas Humberto
·2 minuto de leitura

Augusto César, técnico do Goiás, tinha uma missão de alta complexidade no clássico deste domingo (11) válido pelo Campeonato Goiano: vencer o Vila Nova. O treinador não teve êxito e viu o arquirrival triunfar por 2 a 1. O placar pouco representou os diversos ameaços do Tigrão, que poderia ter balançado a rede adversárias mais vezes, se não fosse pelo regular Tadeu.

O revés acabou culminando na demissão do técnico. O 90min preparou uma lista com algumas possíveis opções para assumir o comando do Esmeraldino.

1. Pintado

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Altamente especulado pela torcida Esmeraldina, Pintado desmentiu um possível acerto com o Goiás, mas não descartou interesse em trabalhar no clube. Atualmente na Ferroviária, o técnico esteve no comando da Juventude na campanha de acesso à Série A.

2. Thiago Larghi

Larghi começou como treinador do Galo. | Alexandre Schneider/Getty Images
Larghi começou como treinador do Galo. | Alexandre Schneider/Getty Images

Larghi esteve no comando do Goiás por somente seis jogos e, desde então, está sem clube. Ele também teve passagens pelo Atlético-MG e seria uma boa opção para substituir César no Esmeraldino. O treinador foi injustiçado no período em que esteve no clube goiano e acabou sendo demitido antes de conseguir mostrar serviço.

3. Ney Franco

A última passagem de Ney Franco pelo futebol foi no Cruzeiro. | Lucas Uebel/Getty Images
A última passagem de Ney Franco pelo futebol foi no Cruzeiro. | Lucas Uebel/Getty Images

O treinador teve duas passagens pelo Goiás e não conseguiu se firmar. É preciso considerar, contudo, que seu mais recente insucesso no clube se deu quando o Esmeraldino estava sem diversos jogadores à disposição. Diante das atuais circunstâncias financeiras do clube, poderia ser novamente considerado, mas desta vez com mais compreensão da torcida.

4. Hemerson Maria

Hemerson Maria já treinou o Vila Nova. | Buda Mendes/Getty Images
Hemerson Maria já treinou o Vila Nova. | Buda Mendes/Getty Images

Hemerson Maria, ex-Vila Nova, foi demitido do Criciúma depois de apenas cinco jogos no comando do clube. O treinador já foi contatado pelo Goiás em outras ocasiões, mas as negociações não avançaram. Diante da atual circunstância do treinador e do próprio Esmeraldino, seria uma boa chance de redenção para ambos.

5. Glauber Ramos

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Glauber Ramos irá assumir como interino durante o Estadual, mas poderia ser considerado enquanto treinador principal. Ele já havia trabalhado com Augusto César no sub-20 e comandou o Goiás na reta final do Brasileirão.

Caso o clube não contrate um técnico imediatamente, Glauber terá sua chance de ouro para mostrar serviço e, quem sabe, conquistar o posto na equipe.