5 motivos para você embarcar no hype de Dark, série alemã da Netflix

Yahoo Vida e Estilo
Dark, série alemã da Netflix que virou fenômeno global (reprodução)
Dark, série alemã da Netflix que virou fenômeno global (reprodução)

Coloque para tocar o despertado às 4h da manhã deste sábado (27). Este é o horário que a Netflix libera a terceira e última temporada de Dark, série alemã criada por Baran bo Odar e Jantje Friese que já pode ser considerada um fenômeno global.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Caso você ainda não seja um dos admiradores deste programa que mistura drama, suspense e ficção científica comparada a Stranger Things e Twin Peaks, não é tarde: aqui vão cinco motivos para você se juntar ao grupo de fãs.

Leia também

Eleita a melhor série da Netflix

Em uma votação que recebeu mais de 2,5 milhões de votos, o Rotten Tomatoes, plataforma de crítica de cinema, consagrou a série alemã como a melhor produção já feita pela Netflix. Superando Stranger Things e Peaky Blinder, Dark conseguiu 80% dos votos na final contra outro grande sucesso da plataforma: Black Mirror.

Fora dos padrões

Contando a história de um misterioso desaparecimento de jovens na proximidade de uma usina na cidade de Widen, a série chegou a ser comparada a Stranger Things em seus primeiros episódios. Quem viu Dark sabe, no entanto, que as diferenças entre as duas séries são gritantes: os episódios são bem mais lentos, há muito mais personagens e a trilha sonora, em vez de causar conforto com hits oitentistas, foi criada para deixar você desconfortável no sofá.

Final elogiado

Não precisa ter medo de decepcionar com o final. Segundo os veículos de imprensa estrangeiros, a terceira temporada encerra a trama com maestria. "Esses oito episódios são uma conclusão fantástica para Dark, e os co-criadores Jantje Friese e Baran bo Odar conseguiram fechar brilhantemente o ciclo de contar histórias de maneira dramática e emocional", disse o site Tell-Tale TV.

Perfeita para nerds (bem exigentes)

Qualquer história com viagem no tempo e ficção científica enche os olhos dos nerds. Porém, neste caso, Dark vai além do maniqueísmo natural das tramas do tipo, apresentando personagens complexos que não podem ser encaixados como mocinhos ou vilões. Até mesmo as tramas secundárias apresentam figuras intrigantes e, geralmente, capazes dos atos terríveis e generosos na mesma proporção. Além disso, os episódios apresentam easter eggs a todo instante.

Para quem ama a ciência

Além de Stranger Things, Dark é comparada por alguns com Twin Peaks, a lendária série dirigida por David Lynch. Porém, diferentemente do programa estrelado por Kyle MacLachlan, muitas das explicações (quando elas existem) para os eventos bizarros que acontecem em Widen são baseadas não no surrealismo, mas sim na ciência : em um dos episódios da nova temporada, um dos personagens vai explicar o conceito da física quântica falando diretamente com o público.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também