5 momentos em que o Neto falou o que todo brasileiro pensa

Amado e odiado por torcedores de todos os times de futebol, o Craque Neto é conhecido por suas opiniões ácidas.
Amado e odiado por torcedores de todos os times de futebol, o Craque Neto é conhecido por suas opiniões ácidas. Foto: (Reprodução/Band)

Conhecido por suas opiniões ácidas, o Craque Neto, apresentador e comentarista da Rede Bandeirantes, ficou marcado por não ter papas na língua e sempre dizer o que pensa de forma impulsiva, sem medir as possíveis consequências de suas falas. Os exemplos de casos em que Neto passou raiva, tanto na apresentação do Os Donos da Bola, da TV Band, como no canal da Rádio Craque Neto, no Youtube, são diversos, mas o Yahoo Esportes separou cinco icônicos momentos em que Neto, apesar de seu jeito explosivo, falou tudo o que o povo brasileiro pensava.

1. Neto defende vacinação contra a Covid-19

No auge da pandemia de Coronavírus, o comentarista, em seu canal no Youtube, rebateu as falas do então presidente Jair Bolsonaro, que questionava a eficácia das vacinas, dizendo que não importava a origem do medicamento, mas, sim, a imunização da população brasileira: "O mais importante é o ser humano. Eu topo. Se vier da China, tem que ser obrigatória para o mundo inteiro, para extinguir. Tem que ser obrigatório para o mundo inteiro. Na hora que vierem as doses, eu tomo as duas, principalmente da China. Não tem política, não tem partido, não tem direita nem esquerda. Eu tomo as vacinas".

Leia também:

2. Neto corneta Lumena, participante do BBB

Durante a apresentação do Os Donos da Bola, o Craque Neto comentava sobre a participação do Palmeiras no Mundial de Clubes, visando a outra semifinal, entre Bayern de Munique e Al Ahly, fez uma propaganda sobre um medicamento em que ele é garoto-propaganda e, em seguida, soltou o questionamento: "Ah, mas a Lumena deixa você passar o Canesten? Se a Lumena deixar você passa... Será que a Lumena deixa você tomar um goró? Será que ela deixa nós fazer o programa? Tem que votar (pra sair do programa), vaza, vaza geral!".

3. Neto entre em guerra com a Seleção Olímpica

Durante a disputa dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, Neto criticou fortemente o desempenho inicial dos comandados por Rogério Micale, que precisou do auxílio da comissão técnica de Tite, ao publicar um vídeo fazendo embaixadinhas com a legenda "Dureza ver essa seleção masculina na Olimpíada". Após o título, os jogadores do elenco foram ao perfil de Neto no Instagram e comentaram um emoji de medalha, o que gerou uma nova manifestação dele: "Molecada, vocês fizeram história e merecem reconhecimento por isso. Mas esperem. O ouro foi obrigação. Na minha visão trata-se a partir de agora da base da seleção principal. Disse isso nos meus últimos posts. Só que agora quero ver sequência! Quero ver a mesma motivação para jogar bola na Copa do Mundo da Rússia em 2018. Resenha em mídia social é fácil. Resposta de verdade é no campo".

4. Neto critica Tite após eliminação para Croácia

Neto não poupou palavras para criticar o técnico Tite, da Seleção Brasileira, que foi eliminado junto de sua comissão técnica e dos 26 jogadores convocados da Copa do Mundo do Catar. Durante as críticas feitas, Neto disse que: "Acabou! Tite, filho de uma p*ta! Desgraçado. Eu falei que era o Neymar para bater. A culpa é do Tite. O Neymar deixou de bater o pênalti. O maior batedor de pênalti do mundo. Seu sem vergonha! Você não merece estar aí. Você deveria deixar o Neymar bater o pênalti. Se o Neymar faz o gol, ainda teria chance de o Alisson pegar, e depois o Marquinhos fazer. Seu burro! Burro!. Seu idiota! Acaba com o país! Um país sofredor".

5. Neto cobra presença de campeões mundiais no velório de Pelé

Depois de se despedir do Rei do Futebol na madrugada desta terça-feira, o Craque Neto lamentou as ausências de nomes marcantes na história da Seleção Brasileira na cerimônia de despedida do maior jogador da história do futebol mundial: "O Pelé é ídolo do mundo. Só que nosso país é sem cultura, sem educação. É um país que os pentacampeões não vieram, os tetracampeões não vieram (exceto Mauro Silva), o treinador da Seleção não veio. Mas o mais importante é as pessoas virem. O Pelé é eternizado. As pessoas têm que entender que o Edson Arantes do Nascimento era uma pessoa como todos nós, que comete equívocos, que erra... O Pelé, não.