5 jogadores que eram promessas no início da década e vingaram para hoje serem estrelas mundiais

·3 minuto de leitura

No ínicio da década, vários jogadores deslumbravam seu talento e suas qualidades e recebiam o elogio - e responsabilidade - de se tornarem grandes craques no futuro. A 90min preparou uma lista de 5 jogadores que eram promessas no começo da década e vingaram como estrelas mundiais:

1. Toni Kroos

Kroos é multicampeão com a camisa do Real Madrid. | Quality Sport Images/Getty Images
Kroos é multicampeão com a camisa do Real Madrid. | Quality Sport Images/Getty Images

Toni Kroos começou na seleção em 2010 com apenas 20 anos e foi um dos jogadores selecionados pelo então técnico Joachim Löw para o mundial da África do Sul. O meio campista atuava pelo Leverkeusen e, com a visibilidade da Copa, portas foram abertas de gigantes como o Real Madrid, clube que defende até os dias de hoje. Com a camisa merengue, o craque alemão ganhou três Champions seguidas e ainda venceu a Copa do Mundo de 2014.

2. Neymar Jr

Neymar era promessa do Santos. Será que vingou? | Buda Mendes/Getty Images
Neymar era promessa do Santos. Será que vingou? | Buda Mendes/Getty Images

O ano era 2010 e Neymar brilhava com a camisa do Peixe e chamava a atenção dos maiores clubes do mundo. Com apenas 18 anos, o brasileiro já era visto por muitos como um dos únicos capazes de disputar futuramente a Bola de Ouro com Cristiano Ronaldo e Messi. Foi contratado pelo Barcelona em 2013, onde fez grandes atuações e dois anos depois venceu venceu a Champions. Mesmo que ainda não tenha vencido o prêmio de 'melhor do mundo', o jogador já demonstrou que tem potencial, e hoje se consagra como uma estrela mundial do futebol.

3. Eden Hazard

Hazard é o camisa 10 da seleção belga. | Quality Sport Images/Getty Images
Hazard é o camisa 10 da seleção belga. | Quality Sport Images/Getty Images

Com apenas 19 anos, Hazard era peça fundamental na equipe de Lille. Junto ao Neymar, o jogador era um dos cotados a disputar futuramente o título de melhor do mundo, que era 'jogo duro' entre Cristiano e Messi. Embora ainda não tenha conseguido demonstrar o seu melhor futebol com a camisa do Real, pelo Chelsea e pela seleção belga o craque demonstrou seu valor e foi destaque nos campeonatos que disputou.

4. Romelu Lukaku

Lukaku fez uma grande temporada com a Inter. | Nicolò Campo/Getty Images
Lukaku fez uma grande temporada com a Inter. | Nicolò Campo/Getty Images

Há 10 anos atrás, Lukaku surgia no futebol e muitos o viam como o sucessor de Drogba, tanto por seu físico, quanto pelas suas qualidades em campo. Ser comparado a essa estrela certamente não é fácil, mas Lukaku com certeza não deixou a desejar em relação ao seu futebol. Começou no profissional em 2009 e passou por grandes clubes nesse período. Hoje, o centroavante atua pela Inter, onde marcou 41 gols em 59 partidas, além de ser o maior goleador da história da seleção belga, com 52 gols. O atacante é um dos candidatos a Bola de Ouro do ano.

5. Thomas Müller

Müller venceu a Copa do Mundo de 2014 com a Alemanha. | Chris Brunskill Ltd/Getty Images
Müller venceu a Copa do Mundo de 2014 com a Alemanha. | Chris Brunskill Ltd/Getty Images

Em 2010, após a Copa na África, a FIFA divulgou Thomas Müller, na época com 21 anos, como um jovem promissor e candidato a participar da cCopa de 2014, no Brasil. Na época, o alemão iniciava sua carreira profissional no Bayern, depois de alguns anos jogando pela equipe B do clube. Em 10 anos, o meia conquistou mais de 20 títulos, entre eles a Copa do Mundo e a Champions League.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos