5 grandes treinadores que se despedem de suas equipes e ficarão livres para a próxima temporada

Vitor Beloti
·2 minuto de leitura

O Brasil não é o único lugar que existe uma grande movimentação quando o tema é a troca de treinador. Após mais uma temporada atípica nos campeonatos europeus - por conta da pandemia -, muitos clubes se veem na posição de efetuar mudanças para tentar encontrar o melhor rumo de sua equipe, e, muitas vezes, como em nosso país, os treinadores são os principais afetados.

1. Joachim Löw

A seleção da Alemanha deverá buscar um novo treinador após 15 anos. | Alex Grimm/Getty Images
A seleção da Alemanha deverá buscar um novo treinador após 15 anos. | Alex Grimm/Getty Images

Após o término da Eurocopa 2021, Joachim Löw deixará o cargo de treinador da Alemanha, após 15 anos de trabalho ininterrupto: deu continuidade ao projeto alemão, conquistou títulos e deu oportunidades aos jovens jogadores de seu país.

2. Renato Portaluppi

Derrota na Libertadores acaba com a sequência de Renato no Grêmio. | Pool/Getty Images
Derrota na Libertadores acaba com a sequência de Renato no Grêmio. | Pool/Getty Images

Outro técnico que ganhou tudo em seu clube foi demitido após um resultado negativo. Estamos falando de Renato Gaúcho que, após ter sido eliminado na Copa Libertadores, foi demitido do Grêmio independentemente de ter lotado a vitrine de troféus. Felizmente, os fãs se lembram dele com alegria.

3. Claudio Ranieri

Ranieri deixa a Sampdoria em junho. | Getty Images/Getty Images
Ranieri deixa a Sampdoria em junho. | Getty Images/Getty Images

O italiano é um treinador de bastante história. Foi o primeiro técnico a levar o Chelsea para Champions League e conquistou um título inédito e inesperado da Premier League com o Leicester. Ranieri terá facilidade em conseguir um clube assim que terminar a sua ligação com a Sampdoria em junho. Para qual clube ele irá?

4. Hans-Dieter Flick

Flick agradece ao Bayern pela oportunidade e pelos títulos conquistados. | Matthias Hangst/Getty Images
Flick agradece ao Bayern pela oportunidade e pelos títulos conquistados. | Matthias Hangst/Getty Images

Champions, Mundial de Clubes, Bundesliga, Copa da Alemanha. O ex-assistente-adjunto de Joachim Löw da Seleção Alemã venceu absolutamente tudo no Bayern de Munique. Mesmo assim, ele deixará o cargo em junho, após a derrota para o PSG nas quartas de Champions League, porque os resultados também imperam na Europa. Será que ele vai comandar o novo projeto da seleção alemã?

5. José Mourinho

José Mourinho se despede do Tottenham após uma breve passagem pelo time Londrino. | Clive Brunskill/Getty Images
José Mourinho se despede do Tottenham após uma breve passagem pelo time Londrino. | Clive Brunskill/Getty Images

A passagem de Mourinho no Tottenham durou menos de um ano e meio no comando do clube. A última partida foi um empate em 2 a 2 contra o Everton, totalizando assim 86 jogos (45 vitórias - 17 empates - 24 derrotas) no cargo. Qual será o próximo destino de Mou?