5 estrelas do futebol que nunca ganharam um título profissional

Antonio Mota
·2 minuto de leitura

Os grandes craques da história do futebol mundial, em sua maioria, se colocaram nos livros do esporte por terem, além de talento, liderança, capacidade física e muitos outros atributos, conquistado muitos títulos. Porém, na prática, nem todas as estrelas da bola levantaram troféus ao longo de suas carreiras e podemos provar. Confira abaixo 5 atletas que são ou foram reconhecidos como “bons jogadores”, mas que nunca ergueram uma única taça na vida.

5. Erik Lamela

Pool/Getty Images
Pool/Getty Images

Cria do River Plate, Lamela apareceu para o mundo como uma das grandes promessas do futebol, sendo observado por vários dos maiores clubes do planeta, incluindo pelo Barcelona de Lionel Messi. Em alta, o meia-atacante foi para a Roma e logo deu um salto para o Tottenham. Porém, apesar dos grandes momentos, o argentino nunca conquistou um único título na carreira.

4. Antonio Di Natale

Dino Panato/Getty Images
Dino Panato/Getty Images

Um dos grandes craques de ‘seu tempo’, Di Natale encantava o mundo com seu talento e chamava atenção de vários gigantes do Velho Continente. Contudo, ele optou pelo coração e nunca deixou a Udinese, o que lhe custou uma carreira sem títulos.

3. Harry Maguire

Michael Regan/Getty Images
Michael Regan/Getty Images

Zagueiro mais caro de todos os tempos, Maguire demorou para decolar na carreira, tendo passado por Sheffield United, Hull City, Wigan Athletic e Leicester antes de chegar ao Manchester United. Hoje, consolidado e aos 27 anos, ele corre atrás de seu primeiro troféu.

2. Lautaro Martínez

MIGUEL MEDINA/Getty Images
MIGUEL MEDINA/Getty Images

Após explodir no Racing, da Argentina, Lautaro Martínez foi ventilado em vários clubes do mundo, mas acabou fechando com a Inter de Milão. Lá, apesar das grandes atuações e de alguns momentos espetacular, ele nunca conseguiu erguer uma taça – a Juventus não deixa.

1. Harry Kane

Pool/Getty Images
Pool/Getty Images

Estrela do Tottenham, Kane demorou, mas conseguiu se consolidar na elite do futebol mundial e hoje é um dos principais centroavantes do globo terrestre. Goleador, o ‘Furacão’ sempre teve faro de gol, mas nunca de título. E, assim, aos 27 anos, nunca teve o prazer de gritar “campeão”.