5 clubes brasileiros que, assim como o Botafogo, sofreram para anunciar um técnico nos últimos anos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Botafogo está em meio a uma verdadeira novela para contratar seu novo treinador. Tentou Lisca e recebeu um "não". Pensou em Vanderlei Luxemburgo, mas exigências do profissional afastaram qualquer possibilidade de acerto. Dorival Júnior também foi buscado, e sem sucesso. Agora, qual será o rumo do clube? Enquanto a definição inexiste, lembramos cinco outros clubes que passaram por situação parecida na tentativa de encontrar um comandante.

1. Internacional (2015)

Por divergências com dirigente, Mano disse "não" ao Inter | Wagner Meier/Getty Images
Por divergências com dirigente, Mano disse "não" ao Inter | Wagner Meier/Getty Images

O presidente Vitorio Piffero desdenhou de alguns nomes achando que receberia um "sim" de quem ele procurasse para comandar o Inter. Não conseguiu acerto com Tite e, a partir disso, precisou recorrer a quem ele não queria, como Abel Braga e Mano Menezes. Sem acerto, partiu para Diego Aguirre. No entanto, dias antes, havia garantido que não queria um estrangeiro no banco de reservas do Beira-Rio.

2. Palmeiras (2020)

Verdão chegou a ir ao encontro de Ramírez no Equador | Agencia Press South/Getty Images
Verdão chegou a ir ao encontro de Ramírez no Equador | Agencia Press South/Getty Images

O Verdão ficou um tempo sem treinador depois de demitir Vanderlei Luxemburgo. Tentou Miguel Ángel Ramírez (chegou a ir até o Equador), Sebastián Beccacece, Ariel Holan e Gabriel Heinze antes de chegar até Abel Ferreira.

3. Cruzeiro (2020)

Chamusca foi tentado quando estava no Cuiabá | Bruna Prado/Getty Images
Chamusca foi tentado quando estava no Cuiabá | Bruna Prado/Getty Images

As demissões de Enderson Moreira e Ney Franco, no ano passado, causaram um rebuliço no Cruzeiro. O clube, antes de anunciar Luiz Felipe Scolari, chegou a receber uma negativa do próprio treinador gaúcho. Assim, foi atrás de Umberto Louzer e Marcelo Chamusca. Sem conseguir acerto, recorreu ao nome tentado inicialmente, que foi convencido a aceitar o cargo.

4. Santos (2021)

Peixe tentou Lisca quando esteve trabalhava no América-MG | Alexandre Schneider/Getty Images
Peixe tentou Lisca quando esteve trabalhava no América-MG | Alexandre Schneider/Getty Images

Sem sucesso com Ariel Holan, o Peixe precisou ir atrás de um novo treinador. Fez proposta por Renato Portaluppi, insistiu até onde deu com Lisca e acabou parando em Fernando Diniz. Foi, sim, uma pequena novela.

5. Corinthians (2021)

Renato, recentemente, recusou proposta do Timão | Alexandre Schneider/Getty Images
Renato, recentemente, recusou proposta do Timão | Alexandre Schneider/Getty Images

Depois da saída de Vagner Mancini, o Corinthians custou para anunciar um novo treinador. Fez proposta para Renato Gaúcho e Diego Aguirre, mas não conseguiu formalizar a contratação de nenhum deles. Como terceira alternativa, recorreu a Sylvinho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos