5 'cavalos paraguaios' que afundaram depois de um grande começo no Brasileirão

·3 minuto de leitura

O Campeonato Brasileiro é uma competição que muitas vezes ilude alguns clubes e torcedores na caminhada do tão sonhado título nacional. Muitos deles conseguiram se consagrar campeão sem, ao menos, dar chances para seus adversários. Mas também existem alguns que começaram muito bem a temporada e deixaram a desejar nas principais etapas em busca da glória.

Abaixo, listamos 5 'cavalos paraguaios' que não conseguiram manter a regularidade em busca do título do Campeonato Brasileiro.

1. Palmeiras - 2009

Palmeiras, de Marcos, caiu de produção na reta final do Brasileirão 2009. | Dante Fernandez/Getty Images
Palmeiras, de Marcos, caiu de produção na reta final do Brasileirão 2009. | Dante Fernandez/Getty Images

O palmeirense jamais se esquecerá deste ano. Em 2009, o Palmeiras começou o campeonato em um patamar muito acima dos demais clubes, mostrando que brigaria pelo título nacional e que ninguém seria páreo para enfrentá-lo. No entanto, o clube deixou escapar a primeira colocação na 34ª rodada, vendo um de seus principais rivais - o Flamengo - se consagrando campeão brasileiro.

Se não bastasse perder o tão sonhado título nas rodadas finais do torneio, o Palmeiras ainda conseguiu ficar de fora da zona de classificação para a Conmebol Libertadores, ficando na quinta colocação, atrás de Flamengo, Internacional, São Paulo e Cruzeiro.

2. Botafogo - 2007

Dodô era a principal estrela do Botafogo. | STRINGER/Getty Images
Dodô era a principal estrela do Botafogo. | STRINGER/Getty Images

O famoso Carrossel Alvinegro foi um dos maiores destaques do futebol brasileiro na última década. Um time formado por Leandro Guerreiro, Lúcio Flávio, Zé Roberto, Jorge Henrique e Dodô foi um dos principais times do país em 2007, jogando um futebol bonito nas mãos de Cuca, treinador do Glorioso na época.

Porém, após algumas lesões e tendo um alto índice de gols sofridos, o Botafogo não conseguiu manter um nível elevado e caiu de produção nas retas finais das competições nacionais.

3. São Paulo - 2019

São Paulo não terminou o ano de 2019 com boas atuações. | Agustin Marcarian/Getty Images
São Paulo não terminou o ano de 2019 com boas atuações. | Agustin Marcarian/Getty Images

Após abrir uma ótima vantagem no início do Campeonato Brasileiro, o São Paulo caiu de produção à partir da primeira metade da competição, ficando bem atrás da primeira colocação. O clube nos primeiros 5 jogos teve 4 vitórias e apenas 1 empate até então, mostrando que iria brigar pelo título já nas primeiras rodadas.

No entanto, o tricolor paulista não aguentou a maratona de jogos e foi ultrapassado pelo Flamengo de Jorge Jesus.

4. Grêmio - 2008

Grêmio em 2008 ficou perto da taça | Edu Andrade/Getty Images
Grêmio em 2008 ficou perto da taça | Edu Andrade/Getty Images

O Grêmioterminou o primeiro turno 11 pontos na frente do São Paulo e cinco a frente do vice-líder Cruzeiro. Entretanto, o tricolor paulista disparou no segundo turno e contou com derrotas dos gaúchos para conquistar o título. No final, o São Paulo ficou com 75 pontos e o Grêmio com 72.

5. Athletico Paranaense - 2004

O Furacão quase conquistou o bicampeonato, mas deixou a taça escapar | NELSON ALMEIDA/Getty Images
O Furacão quase conquistou o bicampeonato, mas deixou a taça escapar | NELSON ALMEIDA/Getty Images

Em 2004, o Campeonato Brasileiro era disputado com 24 clubes e com 46 jogos no total. O Athletico Paranaense brigava pelo título com o Santos e liderava a competição até a rodada 44, quando tinha uma pequena vantagem de 2 pontos. Após um empate e uma derrota, o clube foi ultrapassado pelo Santos e perdeu o título. O alvinegro praiano ficou com 89 pontos, enquanto o furacão com 86.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos