5 brasileiros que poderiam ter sido Bola de Ouro e bateram na trave

·3 minuto de leitura

Muitos brasileiros já ocuparam o posto de ‘Melhor Jogador do Mundo’ ao longo da história do futebol. Nomes como Ronaldo, Kaká e Rivaldo estão marcados na história da consagrada premiação – seja a Bola de Ouro ou o The Best. Porém, apesar do merecimento e da qualidade, muitos craques do país verde e amarelo também já ficaram pelo caminho na corrida pela coroa de melhor do mundo. A seguir, veja 5 brasileiros que poderiam ter conquistado o prêmio de ‘Melhor do Mundo’ e bateram na trave.

1. Raí – 5º em 1992 e 10º em 1993

Raí marcou época no futebol entre os anos 1980 e 1990. | Gareth Cattermole/Getty Images
Raí marcou época no futebol entre os anos 1980 e 1990. | Gareth Cattermole/Getty Images

Ídolo do São Paulo, do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira, o meio-campista Raí marcou época no futebol entre os anos 1980 e década de 1990. Ele, inclusive, entrou no top-10 do ranking de Melhor Jogador do Mundo em duas oportunidades, ficando em quinto em 1992 e em décimo em 1993. Vale destacar que ele atuava no Tricolor do Morumbi em sua primeira indicação, o que diz muito sobre o quanto ele jogava.

2. Bebeto – 7º em 1993 e 6º em 1994

Bebeto e sua marcante comemoração com a camisa do Brasil. | Shaun Botterill/Getty Images
Bebeto e sua marcante comemoração com a camisa do Brasil. | Shaun Botterill/Getty Images

Com passagens de sucesso por Flamengo, Vasco, La Coruña e outros clubes do Brasil e do mundo, além da Seleção Brasileira, onde conquistou uma Copa do Mundo e outros títulos, Bebeto foi um dos grandes atacantes brasileiros do final do século passado. Em seu auge, ele participou de listas de Melhor do Mundo – 7º em 1993, 6º em 1994 e 13º em 1995.

3. Roberto Carlos – 2º em 1997

Roberto Carlos foi um dos grandes laterais-esquerdos da história do futebol. | PASCAL PAVANI/Getty Images
Roberto Carlos foi um dos grandes laterais-esquerdos da história do futebol. | PASCAL PAVANI/Getty Images

Um dos grandes laterais-esquerdos da história do futebol mundial, Roberto Carlos também vislumbrou chegar ao posto de melhor jogador do planeta. Na década de 1990, o poderoso lateral apareceu diversas vezes nas listas da Fifa (13º em 1996 e 2º em 1997) e da France Football (5º em 1997 e 13º em 1998), por exemplo. Jogava demais.

4. Adriano – 6º em 2004 e 5º em 2005

Adriano não se tornou ‘Imperador’ por obra do acaso. | Luca Ghidoni/Getty Images
Adriano não se tornou ‘Imperador’ por obra do acaso. | Luca Ghidoni/Getty Images

Adriano surgiu no Flamengo e não demorou a chamar atenção do futebol mundial. Contratado pela Inter de Milão, o camisa 9 se tornou “Imperador” e passou a figurar em várias listas de melhor do mundo, sobretudo entre 2004 – 6º melhor do mundo da Fifa e da Bola de Ouro – e 2005 – 5º melhor do mundo da Fifa e 7º da France Football.

5. Neymar

Neymar é um dos maiores jogadores brasileiros de todos os tempos. | Wagner Meier/Getty Images
Neymar é um dos maiores jogadores brasileiros de todos os tempos. | Wagner Meier/Getty Images

Neymar é um apontado por muitos como o melhor jogador brasileiro pós-Pelé. Multicampeão e destaque por onde passou, o camisa 10 do PSG figura há quase uma década entre os melhores do mundo, como é possível observar nas várias vezes em que o astro apareceu nas listas da Fifa (4º/2016, 3º/2017 e 9º/2020), e da France Football (5º/2016 e 3º/2017). Entre 2010 e 2015, época que as entidades entregaram um único prêmio, o brasileiro também foi lembrado, ficando em terceiro em 2015, por exemplo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos