5 bons jogadores que foram forçados a se aposentar antes dos 30 anos

·2 minuto de leitura

A decisão de um jogador em se aposentar nunca é algo fácil. As motivações para tal ato podem ser as mais diversas. A verdade é que nem sempre os jogadores aposentam-se naquela faixa etária habitual. Devido a diferentes lesões ou condições, alguns jogadores de futebol tiveram que pendurar as chuteiras muito mais cedo do que o esperado.

Confira 5 bons jogadores que foram forçados a se aposentar antes dos 30:

1. Rubén De La Red

Jogador atuou no Real Madrid | Real Madrid v D.C. United | Otto Greule Jr/Getty Images
Jogador atuou no Real Madrid | Real Madrid v D.C. United | Otto Greule Jr/Getty Images

O meio-campista, que atuou no Real Madrid e também na Seleção Espanhola vencedora da Euro 2008, teve que deixar o futebol muito jovem. Aos 25 anos ele acabou precisando pendurar as chuteiras devido a uma doença cardíaca.

2. César Láinez

Goleiro brilhou no futebol espanhol | Madrid's David Beckham (L) vies with Zar | LLUIS GENE/Getty Images
Goleiro brilhou no futebol espanhol | Madrid's David Beckham (L) vies with Zar | LLUIS GENE/Getty Images

O ex-goleiro do Zaragoza teve que se aposentar justamente no melhor momento de sua carreira. Em maio de 2005, Láinez anunciou sua aposentadoria após sofrer repetidas lesões nos joelhos. Naquele momento o goleiro tinha apenas 28 anos.

3. Álvaro Domínguez

Jogador foi revelado pelo Atlético de Madrid | FBL-GER-BUNDESLIGA-MOENCHENGLADBACH | PATRIK STOLLARZ/Getty Images
Jogador foi revelado pelo Atlético de Madrid | FBL-GER-BUNDESLIGA-MOENCHENGLADBACH | PATRIK STOLLARZ/Getty Images

O zagueiro foi revelado nas categorias de base do Atlético de Madrid. Na temporada 2012 foi contratado pelo Borussia Mönchengladbach por 8 milhões de euros. Domínguez abandonou a carreira em 2016, aos 27 anos, em consequência de lesões que sofreu nas costas.

4. Ryan Mason

Choque de cabeça forçou a parada de Mason | Chelsea v Hull City - Premier League | Catherine Ivill - AMA/Getty Images
Choque de cabeça forçou a parada de Mason | Chelsea v Hull City - Premier League | Catherine Ivill - AMA/Getty Images

Um choque de cabeça com Gary Cahill na partida entre Chelsea e Hull City, no dia 22 de janeiro de 2017, encerrou a carreira do jovem meio-campista. Mason visitou diferentes neurologistas e neurocirurgiões, mas todos o aconselharam a não retornar à prática profissional. Ele anunciou sua aposentadoria em 2018 com apenas 26 anos.

5. Sebastian Deisler

Jogador era uma das maiores promessas do futebol alemão | Juventus v Bayern Munich - UEFA Champions League Group A | Etsuo Hara/Getty Images
Jogador era uma das maiores promessas do futebol alemão | Juventus v Bayern Munich - UEFA Champions League Group A | Etsuo Hara/Getty Images

Ele foi uma das grandes promessas do futebol alemão, mas as lesões o mergulharam em depressão e acabaram marcando sua aposentadoria dos gramados. Depois de passar por cinco cirurgias no joelho e tratamento psiquiátrico, ele pendurou as chuteiras em 2007, aos 27 anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos