5 atletas da Série A que seriam reforços de peso para times das oitavas da Champions

Nathalia Almeida
·3 minuto de leitura

'Virar a chave' do futebol brasileiro para o ritmo do futebol europeu não costuma ser tarefa fácil para nossos jogadores, sendo raros são os 'cases' de sucesso imediato após uma transferência: a dificuldade de adaptação demonstrada por Pedrinho e Cebolinha no Benfica, por exemplo, é um enredo bem mais comum do que a explosão instantânea de Antony no Ajax.

Contudo, em um exercício de imaginação, pensamos em 5 jogadores talentosos da nossa Série A que têm qualidade para mudar o status de elencos que estão nas oitavas da Champions League. Para isso, pensamos em diversos fatores como maturidade do atleta em questão e possíveis carências das equipes europeias escolhidas.

Brenner (São Paulo)
Cairia como uma luva em: RB Leipzig

2020 Brasileirao Series A: Fluminense v Sao Paulo Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus | Buda Mendes/Getty Images
2020 Brasileirao Series A: Fluminense v Sao Paulo Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus | Buda Mendes/Getty Images

O Leipzig é um clube organizado e competitivo. Uma de suas filosofias é apostar em jovens talentos com enorme potencial de revenda. Dentro das quatro linhas, é adepto de um futebol vertical, veloz e propositivo. Em todos esses aspectos, o artilheiro Brenner se encaixa perfeitamente: é um centroavante jovem e moderno, que cresceu muito sob a batuta de Diniz.

Pepê (Grêmio)
Cairia como uma luva em: Porto

2020 Brasileirao Series A: Flamengo v Gremio Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus (COVID | Buda Mendes/Getty Images
2020 Brasileirao Series A: Flamengo v Gremio Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus (COVID | Buda Mendes/Getty Images

O Porto está obstinado a contratar Pepê ao final da temporada 2020 do futebol brasileiro, e há um motivo específico para essa determinação dos lusos em tê-lo: é um jogador especial e que agregaria ao elenco portista qualidades que faltam ao seu grupo atual de atacantes. Veloz, habilidoso e agudo, Pepê chegaria ao Dragão podendo romper hierarquias logo de cara.

Gabriel Menino (Palmeiras)
Cairia como uma luva em: Juventus

2020 Brasileirao Series A: Internacional v Palmeiras Play Behind Closed Doors Amidst the | Getty Images/Getty Images
2020 Brasileirao Series A: Internacional v Palmeiras Play Behind Closed Doors Amidst the | Getty Images/Getty Images

Sim, a Juventus tem um timaço e afirmar que Gabriel Menino mudaria o status do clube que conquistou os últimos nove títulos italianos parece bastante arrojado. Mas o fato é que as principais fragilidades da equipe de Turim hoje são a lateral-direita e o meio-campo, as duas funções que o garoto alviverde sabe fazer muito bem. Quão interessante seria vermos o camisa 25 do Verdão sob comando de Andrea Pirlo?

Soteldo (Santos)
Cairia como uma luva em: Atalanta

Santos v Boca Juniors - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Pool/Getty Images
Santos v Boca Juniors - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Pool/Getty Images

Com o imbróglio envolvendo Alejandro 'Papu' Gómez, a Atalanta se vê com uma peça de qualidade a menos em seu ataque. O experiente argentino é um meia-atacante de enorme habilidade, qualidade no passe e poder de finalização. Por característica, daria para imaginar o baixinho camisa 10 do Santos encaixando facilmente no sistema de Gasperini. A Atalanta é um time leve, móvel e que joga um futebol bastante ofensivo, perfeito para o venezuelano.

Patrick de Paula (Palmeiras)
Cairia como uma luva em: Borussia Dortmund

Palmeiras v Delfin - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Alexandre Schneider/Getty Images
Palmeiras v Delfin - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Alexandre Schneider/Getty Images

O Borussia Dortmund é mais um clube que se destaca no trabalho de garimpo e lapidação de jovens talentos, estando sempre atento aos garotos que surgem na nossa Série A. Um dos que seria valioso ao time alemão é Patrick de Paula: além de intenso e combativo, também sabe apoiar com qualidade. Um volante moderno 'box-to-box', que oxigenaria um setor que hoje conta apenas com Emre Can e Witsel, já que Dahoud e Delaney estão mais habituados a atuar como segundo volante.