4 tabus históricos que a Itália quebrou ao vencer a Áustria

·2 minuto de leitura

Foi sofrido, foi com drama, foi cardíaco... Mas a Itália, favorita de muitos para a conquista da Eurocopa, avançou à fase de quartas de final da competição.

Na noite do último sábado (26), a Azzurra precisou da prorrogação para superar a Áustria por 2 a 1, resultado construído somente nos 30 minutos adicionais do confronto: ao final do tempo regulamentar, o placar ainda apontava 0 a 0 entre as equipes.

A vitória italiana nesses termos e com esse enredo épico rendeu 4 quebras de tabus importantes na história da seleção e do próprio torneio. Confira:

1. Primeira vitória em prorrogação desde 2006

Pessina anotou o segundo gol da Itália | Carl Recine - Pool/Getty Images
Pessina anotou o segundo gol da Itália | Carl Recine - Pool/Getty Images

A Itália não vencia uma partida em prorrogação desde a semifinal da histórica campanha do tetracampeonato mundial, em 2006: em 4 de julho daquele ano, em Dortmund, a Azzurra venceu a anfitriã Alemanha por 2 a 0, gols anotados nos minutos 119 e 120 por Fabio Grosso e Alessandro Del Piero, respectivamente.

2. Primeira vitória em prorrogação na história da Euro

Mancini sofreu, mas conseguiu a classificação | Marc Atkins/Getty Images
Mancini sofreu, mas conseguiu a classificação | Marc Atkins/Getty Images

Apesar de ser uma das participantes de Euro mais tradicionais e mais acostumadas a figurar nas fases eliminatórias, a Itália nunca havia vencido uma partida na competição quando precisou do tempo adicional de jogo. Mais uma escrita derrubada pela equipe de Roberto Mancini.

3. Pai e filho na história da Eurocopa

Chiesa entrou e foi decisivo para a Itália | Andy Rain - Pool/Getty Images
Chiesa entrou e foi decisivo para a Itália | Andy Rain - Pool/Getty Images

Não faz muito tempo que nós contamos algumas histórias interessantes de pais e filhos do mundo da bola. No sábado, Federico Chiesa escreveu mais um capítulo curioso sobre o tema: ao anotar o gol que abriu o placar contra a Áustria, o camisa 14 confirmou algo inédito na história da Eurocopa.

Ele, em 2021, e seu pai Enrico Chiesa, 25 anos atrás, formam a primeira "dupla de pai e filho" a anotar gols em Eurocopa.

4. Recorde de invencibilidade da história italiana

Mancini superou Vittorio Pozzo | CATHERINE IVILL/Getty Images
Mancini superou Vittorio Pozzo | CATHERINE IVILL/Getty Images

A vitória contra a Áustria levou a Itália aos 31 jogos de invencibilidade, maior marca de sua história. Antes da bola rolar, a equipe de Mancini estava empatada com a série emplacada pelo lendário Vittorio Pozzo entre os anos de 1935 e 1939, quando a Azzurra ficou 30 partidas sem ser derrotada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos