4 jogadores que já se posicionaram contra a realização da Copa América

·1 minuto de leitura

Além de encontrar forte resistência junto ao senso comum e à opinião especializada, a realização da Copa América neste mês de junho, em solo brasileiro, também não é uma unanimidade entre os "artistas do espetáculo": os jogadores.

A seguir, listamos quatro atletas que já se posicionaram de forma contrária à realização do torneio de seleções, neste momento em que a situação pandêmica segue descontrolada em diversos países da América do Sul:

1. Matías Viña (Uruguai)

Lateral do Palmeiras se posicionou sobre a competição | JUAN IGNACIO RONCORONI/Getty Images
Lateral do Palmeiras se posicionou sobre a competição | JUAN IGNACIO RONCORONI/Getty Images

"Pessoalmente, por tudo o que está passando na pandemia, acho que não se deveria jogar. Mas, se tivermos que jogar, vamos jogar", afirmou o lateral do Palmeiras, em entrevista concedida a uma rádio uruguaia.

2. Luis Suárez (Uruguai)

Luis Suárez não ficou no muro e também criticou a manutenção do torneio | Soccrates Images/Getty Images
Luis Suárez não ficou no muro e também criticou a manutenção do torneio | Soccrates Images/Getty Images

"Me chama a atenção e me surpreende que se dispute uma Copa América em meio à situação complicada que o continente está vivendo. É preciso priorizar a saúde do ser humano"

Essa foi a declaração do centroavante uruguaio, uma das principais estrelas que estarão em ação na Copa América, sobre a realização da competição.

3. Sergio Agüero (Argentina)

Agüero reforçou insegurança em solo sul-americano | David Ramos/Getty Images
Agüero reforçou insegurança em solo sul-americano | David Ramos/Getty Images

"Está claro que não estamos bem aqui na Argentina, então foi uma decisão muito correta da Conmebol. Se está complicado no Brasil, não se pode jogar. Pelo que escutei, fecharam as fronteiras também", disse o centroavante, em sua chegada à Argentina.

4. Giorgian de Arrascaeta (Uruguai)

Meia do Flamengo reforçou que o momento não é adequado para a Copa América | Wagner Meier/Getty Images
Meia do Flamengo reforçou que o momento não é adequado para a Copa América | Wagner Meier/Getty Images

O meia do Flamengo foi mais um importante atleta da Celeste Olímpica a externar sua opinião sincera sobre a situação pandêmica na América do Sul: "O mundo está vendo a dificuldade que estamos vivendo, poucos países tem condições. Eu acho que agora não é o momento indicado para jogar. Mas nós não podemos fazer nada".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos