30 jogadores que brilharam no Brasileirão e agora atuam no exterior

Antonio Mota
·11 minuto de leitura

O Campeonato Brasileiro é uma das ligas nacionais mais fortes e renomadas do mundo do futebol. Com muitos holofotes, clubes poderosos, torcidas apaixonadas, tradição de sobra e muito dinheiro para os padrões da América do Sul, o Brasileirão chama atenção e aparece como um palco especial para atletas conterrâneos e estrangeiros. Ao fazer sucesso na Série A, além de prestígio e fama para uma vida inteira, os jogadores também recebem oportunidades extremamente atrativas do exterior.

Sem mais delongas, confira uma lista de 30 jogadores que brilharam no Brasileirão e hoje atuam fora do Brasil.

1. Dudu (Al-Duhail)

Dudu foi o principal personagem do Palmeiras durante anos. | Simon Holmes/Getty Images
Dudu foi o principal personagem do Palmeiras durante anos. | Simon Holmes/Getty Images

Superestrela do Palmeiras nas últimas temporadas, Dudu foi emprestado ao Al-Duhail, do Catar, no ano passado e atua por lá desde então. Aos 29 anos, o meia-atacante foi peça-chave para o Verdão conquistar inúmeros títulos, incluindo dois Campeonatos Brasileiros (2016 e 2018).

2. Renato Augusto (Beijing Guoan)

Ex-Flamengo e Corinthians, Renato Augusto hoje defende o Beijing Guoan. | Fred Lee/Getty Images
Ex-Flamengo e Corinthians, Renato Augusto hoje defende o Beijing Guoan. | Fred Lee/Getty Images

Cria do Flamengo, Renato Augusto tem muita história no mundo do futebol. Aos 33 anos, o meio-campista tem inúmeros troféus em sua galeria pessoal, na qual também guarda uma taça do Brasileirão (2015). O meia ganhou o torneio com a camisa do Corinthians.

3. Fabián Balbuena (West Ham)

Ídolo do Corinthians, Balbuena hoje representa o West Ham. | Catherine Ivill/Getty Images
Ídolo do Corinthians, Balbuena hoje representa o West Ham. | Catherine Ivill/Getty Images

Fabián Balbuena explodiu para o mundo com a camisa do Corinthians. Xerifão do Paraguai, o defensor atuou no Timão entre 2016 e 2018 e conquistou um Campeonato Brasileiro. À época, o zagueiro era um dos destaques da posição no país. Hoje, ele atua no West Ham.

4. Pablo Marí (Arsenal)

Pablo Marí teve uma curta, mas vitoriosa e intensa passagem pelo Brasil. | Chloe Knott - Danehouse/Getty Images
Pablo Marí teve uma curta, mas vitoriosa e intensa passagem pelo Brasil. | Chloe Knott - Danehouse/Getty Images

Pablo Marí teve uma curta, mas intensa e vitoriosa passagem pelo Brasil. Ídolo do Flamengo, o zagueiro conquistou uma Conmebol Libertadores e um Brasileirão com o manto vermelho e preto. Aos 27 anos, o espanhol atua no Arsenal.

5. Yerry Mina (Everton)

Mina foi muito bem com a camisa do Palmeiras. | Chloe Knott - Danehouse/Getty Images
Mina foi muito bem com a camisa do Palmeiras. | Chloe Knott - Danehouse/Getty Images

Outro zagueiro estrangeiro com uma passagem meteórica pelo Brasil: Yerry Mina. O colombiano defendeu o Palmeiras entre 2016 e 2017 e foi peça-chave para o time conquistar uma Série A (2016). A torcida do Verdão o guarda no coração.

6. Neymar (PSG)

Neymar brilhou por muitos anos no Peixe até sair para a Europa. | DAMIEN MEYER/Getty Images
Neymar brilhou por muitos anos no Peixe até sair para a Europa. | DAMIEN MEYER/Getty Images

Embora nunca tenha gritado “é campeão” na Série A, Neymar aprontou (e muito!) com a camisa do Santos. Foi na edição de 2011, inclusive, que marcou o gol que lhe rendeu o prêmio Puskás, naquele jogo clássico com o Flamengo. Além de já ter sido aplaudido até mesmo pela torcida do Cruzeiro em Minas Gerais, dentre vários outros jogos marcantes. Não à toa, é o craque que é hoje em dia, com a camisa do PSG depois de defender o Barcelona.

7. Henrique Dourado (Henan Jianye)

Henrique Dourado viveu ótimos momentos no Brasil. | Buda Mendes/Getty Images
Henrique Dourado viveu ótimos momentos no Brasil. | Buda Mendes/Getty Images

Após rodar por vários clubes do Brasil, Henrique Dourado chegou ao Fluminense e se encontrou. Com o manto do Tricolor das Laranjeiras, o Ceifador foi artilheiro e ganhou várias premiações individuais no Brasileirão de 2017. O atacante também fez um ótimo Campeonato Brasileiro em 2014, quando defendia o Palmeiras.

8. Ricardo Goulart (Guangzhou Evergrande)

Ricardo Goulart foi peça-chave do Cruzeiro vencedor do início da década. | Simon Holmes/Getty Images
Ricardo Goulart foi peça-chave do Cruzeiro vencedor do início da década. | Simon Holmes/Getty Images

Bicampeão da Série A (2013 e 2014) com o Cruzeiro, Ricardo Goulart foi um dos protagonistas do futebol brasileiro no início da década passada. À época, o atacante conquistou vários prêmios coletivos e individuais. Um monstro.

9. Richarlison (Everton)

Após explodir no Fluminense, Richarlison cresce a cada temporada na Europa. | James Williamson - AMA/Getty Images
Após explodir no Fluminense, Richarlison cresce a cada temporada na Europa. | James Williamson - AMA/Getty Images

Após explodir no América-MG, Richarlison assinou com o Fluminense e se destacou ainda mais. Ele não ganhou um Campeonato Brasileiro, mas foi importante para o Flu e teve ótimas atuações na competição. A Nação Tricolor certamente sente saudades.

10. Everton Cebolinha (Benfica)

Everton Cebolinha desembarcou há pouco tempo no Velho Continente. | Gualter Fatia/Getty Images
Everton Cebolinha desembarcou há pouco tempo no Velho Continente. | Gualter Fatia/Getty Images

Formado no Fortaleza, Everton Cebolinha foi contratado pelo Grêmio e deu mais resultados do que o imaginado. Ele não conseguiu uma Série A para o Imortal, mas fez grandes partidas na liga. E conquistou vários outros troféus: Copa do Brasil, Conmebol Libertadores, Campeonato Gaúcho etc.

11. Gabriel Jesus (Manchester City)

Gabriel Jesus é xodó de Pep Guardiola no Manchester City. | Michael Regan/Getty Images
Gabriel Jesus é xodó de Pep Guardiola no Manchester City. | Michael Regan/Getty Images

Cria do Palmeiras, Gabriel Jesus sempre mostrou ser acima da média. Com o manto do Verdão, o atacante conquistou uma Copa do Brasil e um Brasileirão, além de prêmios individuais – Revelação da Série A, Bola de Ouro, Craque do Brasileirão etc. Ele não chegou ao Manchester City por obra do acaso.

12. Jorge (Monaco)

Jorge não respondeu tão bem na Europa. | AFP Contributor/Getty Images
Jorge não respondeu tão bem na Europa. | AFP Contributor/Getty Images

Cria do Flamengo, Jorge foi bem no Campeonato Brasileiro com o manto do próprio Rubro-Negro e também com a camisa do Santos. E, mesmo sem conquistas, marcou seu nome na história do torneio com dribles, categoria e muita qualidade. Um baita lateral-esquerdo.

13. Marcelo Grohe (Al-Ittihad)

Marcelo Grohe marcou época no Grêmio. | Etsuo Hara/Getty Images
Marcelo Grohe marcou época no Grêmio. | Etsuo Hara/Getty Images

Ídolo do Grêmio, Marcelo Grohe tem muita história na Série A do Brasileirão. O goleiro nunca ergueu uma taça da maior liga do Brasil, mas isso não diminui em nada os seus feitos. Com defesas milagrosas e papel de destaque no Imortal, o arqueiro participou de seleções do torneio e chegou a ser eleito o melhor da posição na competição.

14. Arthur (Juventus)

Arthur segue tentando cavar seu espaço na Europa. | Jonathan Moscrop/Getty Images
Arthur segue tentando cavar seu espaço na Europa. | Jonathan Moscrop/Getty Images

O meio-campista Arthur foi um dos destaques do Grêmio e do futebol nacional entre 2015 e 2018. Voando baixo no Imortal, onde conquistou Copa do Brasil, Libertadores e outros títulos e se destacou no Brasileirão, o meia foi negociado com o Barcelona. Hoje, aos 24 anos, ele atua na Juventus.

15. Bruno Guimarães (Lyon)

Após explodir no Athletico-PR, Bruno Guimarães manteve o nível na Europa. | Jean Catuffe/Getty Images
Após explodir no Athletico-PR, Bruno Guimarães manteve o nível na Europa. | Jean Catuffe/Getty Images

Formado no Audax, Bruno Guimarães chegou ao Athletico-PR em 2017 e em poucas temporadas se tornou um dos destaques do setor de meio de campo no Brasil. Talentoso, o meia foi fundamental em boas campanhas do Furacão na Série A. E, claro, também participou de conquistas do Rubro-Negro: Sul-Americana, Copa do Brasil, Campeonato Paranaense etc.

16. Lucas Veríssimo (Benfica)

Lucas Veríssimo deixou o Santos para ir para o Benfica de Jorge Jesus. | Quality Sport Images/Getty Images
Lucas Veríssimo deixou o Santos para ir para o Benfica de Jorge Jesus. | Quality Sport Images/Getty Images

Referência defensiva do Santos nas últimas temporadas, Lucas Veríssimo nunca conquistou um Campeonato Brasileiro, mas entre 2015 e 2021 se colocou entre um dos melhores zagueiros da liga. Após muitos anos de destaque na Vila Belmiro, o zagueiro foi negociado com o Benfica de Jorge Jesus.

17. Renan Lodi (Atlético de Madrid)

Renan Lodi é visto com o futuro lateral-esquerdo da Seleção Brasileira. | Denis Doyle/Getty Images
Renan Lodi é visto com o futuro lateral-esquerdo da Seleção Brasileira. | Denis Doyle/Getty Images

Um dos laterais-esquerdos brasileiros mais promissores da nova geração, Renan Lodi foi peça importante no Athletico-PR entre 2016 e 2019, inclusive no Brasileirão. Negociado com o Atlético de Madrid, o lateral se despediu do Brasil sem conquistar uma Séria A.

18. Alex Telles (Manchester United)

Alex Telles cresceu muito nos últimos anos. | Alex Pantling/Getty Images
Alex Telles cresceu muito nos últimos anos. | Alex Pantling/Getty Images

Após chamar atenção no Juventude e ser contratado pelo Grêmio, Alex Telles não demorou a deixar o Brasil. Porém, antes de “se mandar” para o Velho Continente, o lateral viveu um 2013 muito bom no Imortal, com direito a conquista da Bola de Prata e do Craque do Brasileirão – melhor lateral-esquerdo da competição.

19. Rafael Carioca (Tigres-MEX)

Rafael Carioca tem muita história no futebol. | Azael Rodriguez/Getty Images
Rafael Carioca tem muita história no futebol. | Azael Rodriguez/Getty Images

Revelado pelo Grêmio e com passagens por Vasco e Atlético-MG, Rafael Carioca tem um currículo pesado. Ele nunca ganhou uma Série A do Campeonato Brasileiro, mas “aprontou” por aqui, em especial em 2015, quando defendeu o Galo e foi eleito o melhor volante do Brasileirão. Aos 31 anos, o meia defende o Tigres, do México.

20. Lucas Pratto (Feyenoord)

Lucas Pratto se destacou no Brasil. | BSR Agency/Getty Images
Lucas Pratto se destacou no Brasil. | BSR Agency/Getty Images

Ex-Atlético-MG e São Paulo, o argentino Lucas Pratto viveu momentos de muito brilho no Brasil. Em 2015, por exemplo, o então centroavante do Galo foi eleito o Melhor Estrangeiro da Série A e também levou uma Bola de Prata. À época, o goleador era um dos melhores da posição no país.

21. Lucas Paquetá (Lyon)

Após não dar certo no Milan, Lucas Paquetá vem evoluindo no Lyon. | Marcio Machado/Getty Images
Após não dar certo no Milan, Lucas Paquetá vem evoluindo no Lyon. | Marcio Machado/Getty Images

Lucas Paquetá foi um dos grandes nomes do Campeonato Brasileiro de 2018. Cria do Flamengo, o meio-campista não foi campeão com o Rubro-Negro, mas levou inúmeras premiações de melhor da posição – Bola de Prata, Craque do Brasileirão e muitos outros.

22. Andrés D'Alessandro (Nacional-URU)

D’Alessandro nunca conquistou um Brasileirão, mas deixou seu nome na história da competição. | Marcelo Endelli/Getty Images
D’Alessandro nunca conquistou um Brasileirão, mas deixou seu nome na história da competição. | Marcelo Endelli/Getty Images

Embora nunca tenha conquistado um Campeonato Brasileiro, D'Alessandro é um dos melhores estrangeiros que já passaram pelo Brasil. Ídolo supremo do Internacional, o meio-campista tem o seu nome marcado no futebol sul-americano e com certeza faz parte da história da Série A. Um monstro sagrado do Beira-Rio.

23. Carlos Tévez (Boca Juniors)

Tévez acumulou triunfos e polêmicas no Brasil. | Marcelo Endelli/Getty Images
Tévez acumulou triunfos e polêmicas no Brasil. | Marcelo Endelli/Getty Images

Polêmico e bom de bola, Carlos Tévez não passou em branco pelo Brasil. Com a camisa do Corinthians, o atacante ergueu uma taça do Campeonato Brasileiro (2005). À época, além da taça do Brasileirão e de confusões, o hermano acumulou premiações individuais.

24. Róger Guedes (Shandong Luneng)

Roger Guedes deixou boas memórias no Brasil. | STR/Getty Images
Roger Guedes deixou boas memórias no Brasil. | STR/Getty Images

Voando baixo no Criciúma, Róger Guedes se mudou para o Palmeiras e confirmou expectativas. Com muito talento, velocidade e eficiência, o atacante ajudou o Verdão a conquistar um Campeonato Brasileiro. Em seguida, com o manto do Atlético-MG, ele também fez um bom Brasileirão.

25. Pablo (Lokomotiv Moscou)

Pablo é muito querido no Corinthians. | NICOLAS TUCAT/Getty Images
Pablo é muito querido no Corinthians. | NICOLAS TUCAT/Getty Images

Após passar por Ceará (clube que o revelou), Grêmio, Avaí, Ponte Preta e outros clubes do Brasil e do mundo, o zagueiro Pablo assinou com o Corinthians e viveu um ano mágico em 2017. Xerifão, o defensor foi um dos pilares do clube na conquista do Brasileirão.

26. Vagner Love (Kairat)

Vagner Love conquistou o coração de várias torcidas no Brasil. | Miguel Schincariol/Getty Images
Vagner Love conquistou o coração de várias torcidas no Brasil. | Miguel Schincariol/Getty Images

Com passagens marcantes por Palmeiras, Flamengo e Corinthians, Vagner Love não poderia ficar de fora desta lista. Além de conquistar uma Série B com o Verdão e uma Série A com o Timão, o atacante conseguiu vários momentos de destaque e protagonismo no Campeonato Brasileiro como um todo. Aos 36 anos, Love atua pelo Kairat, do Cazaquistão.

27. Lucas Moura (Tottenham)

Lucas Moura foi uma das grandes revelações do São Paulo nas últimas temporadas. | Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images
Lucas Moura foi uma das grandes revelações do São Paulo nas últimas temporadas. | Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images

Uma das maiores revelações do São Paulo no século XXI, Lucas precisou de pouco tempo no Brasil para mostrar o seu potencial. Entre 2010 e 2012, além de vencer uma Conmebol Sul-Americana, o atacante conquistou algumas condecorações individuais, como Revelação do Brasileirão de 2010 e Melhor Atacante do Brasileirão.

28. Malcom (Zenit)

Malcom explodiu para o mundo no Corinthians. | KENZO TRIBOUILLARD/Getty Images
Malcom explodiu para o mundo no Corinthians. | KENZO TRIBOUILLARD/Getty Images

Após se destacar na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2014, Malcom foi promovido ao time principal do Corinthians e conseguiu cavar seu espaço, incluindo na temporada seguinte, quando o Timão conquistou mais um Brasileirão (2015). De lá para cá, o atacante passou por Bordeaux e Barcelona e hoje atua no Zenit.

29. Bruno Henrique (Al-Ittihad)

Bruno Henrique tem o seu nome marcado na história do Palmeiras. | NELSON ALMEIDA/Getty Images
Bruno Henrique tem o seu nome marcado na história do Palmeiras. | NELSON ALMEIDA/Getty Images

Grande nome do futebol brasileiro na década passada, Bruno Henrique conseguiu ser campeão da Série A com o Corinthians (2015) e com o Palmeiras (2018). Poucos atletas no mundo podem falar que fizeram sucesso pelo Timão e pelo Verdão, e um deles é o hoje meia do Al-Ittihad, da Arábia Saudita.

30. Bernard (Everton)

Bernard fez muito sucesso no Brasil no começo da década passada. | Clive Brunskill/Getty Images
Bernard fez muito sucesso no Brasil no começo da década passada. | Clive Brunskill/Getty Images

Revelado pelo Atlético-MG, Bernard se tornou uma lenda na Cidade do Galo por ter sido fundamental para o clube na Conmebol Libertadores de 2013. Porém, o atacante também se destacou em outras competições com o manto preto e branco, inclusive no Campeonato Brasileiro. Ele foi eleito, por exemplo, a revelação da liga em 2012.