3 destaques e 3 decepções do Brasil em vitória sobre o Equador

·1 minuto de leitura

O resultado foi bom, claro. O Brasil venceu o Equador por 2 a 0, nesta sexta-feira, e abriu vantagem na liderança das eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo. No entanto, a atuação não foi lá essas coisas. Veja, agora, quem se destacou e quem decepcionou no gramado do Beira-Rio, em Porto Alegre.

DESTAQUES

1. Marquinhos

Zagueiro liderou a defesa brasileira novamente | Buda Mendes/Getty Images
Zagueiro liderou a defesa brasileira novamente | Buda Mendes/Getty Images

Embora a seleção não tenha sido muito atacada, o sistema defensivo se mostrou absolutamente seguro. E o zagueiro, mais uma vez, liderou as ações.

2. Gabriel Jesus

Atacante foi opção na parte final do duelo | Buda Mendes/Getty Images
Atacante foi opção na parte final do duelo | Buda Mendes/Getty Images

Entrou no segundo tempo e deu a movimentação que o Brasil precisava para construir a vitória. Com mais um atacante em campo, o time produziu o suficiente para chegar aos 15 pontos na tabela.

3. Danilo

Danilo apareceu bem, também, junto aos atacantes | Daniel Apuy/Getty Images
Danilo apareceu bem, também, junto aos atacantes | Daniel Apuy/Getty Images

O lateral-direito foi bastante combativo atrás e mostrou precisão em cruzamentos. Apesar de ter ter nome contestado, apareceu bem.

DECEPÇÕES

4. Alex Sandro

Latera-esquerdo foi bastante discreto durante os 90 minutos | SILVIO AVILA/Getty Images
Latera-esquerdo foi bastante discreto durante os 90 minutos | SILVIO AVILA/Getty Images

Se esperava bem mais do lateral, que tinha total liberdade para atacar e não conseguiu tramar jogadas junto ao setor ofensivo.

5. Fred

Meio-campista esteve bastante apagado | Buda Mendes/Getty Images
Meio-campista esteve bastante apagado | Buda Mendes/Getty Images

Pouco fez em campo e, por pouco, não foi expulso. Não aproveitou a oportunidade recebida por parte do técnico Tite.

6. Richarlison

Atacante, apesar do gol, pouco contribuiu | Buda Mendes/Getty Images
Atacante, apesar do gol, pouco contribuiu | Buda Mendes/Getty Images

OK, ele marcou o primeiro gol da seleção. Mas sua movimentação pouco contribuiu para a equipe. Vinha totalmente apagado em campo até então. Precisa melhorar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos