25 anos de As Patricinhas de Beverly Hills: tudo o que você não sabia sobre o filme

·6 min de leitura
As Patricinhas de Beverly Hills completa 25 anos com legado em diversas áreas (reprodução)
As Patricinhas de Beverly Hills completa 25 anos com legado em diversas áreas (reprodução)

As Patricinhas de Beverly Hills estreou nos cinemas estadunidenses em 19 de julho de 1995. Abusando dos estereótipos adolescentes, o filme conseguiu, com o passar de duas décadas e meia, deixar de ser visto meramente como uma "comédia inofensiva" e hoje já é tratado com justiça como um clássico definitivo da sua época.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Sim, clássico. O termo se justifica, para começar, pela sua influência: Clueless (título em inglês do longa) abriu caminho para um gênero de comédias de sucesso nos anos posteriores, como Meninas Malvadas, O Diário da Princesa, 10 Coisas Que Eu Odeio em Você e, com outra faixa etária como público-alvo, O Diário de Bridget Jones.

Leia também

Além disso, o longa dirigido por Amy Heckerling ainda foi responsável por ajudar a definir uma estética que hoje reconhecemos como representação perfeita dos anos 1990 - afinal, quando você vê um conjuntinho xadrez por aí, consegue pensar em alguém que não seja Cher Horowitz, personagem de Alicia Silverstone?

Para além do rótulo de clássico, o filme ainda escondia uma série de informações interessantes sobre o universo disfarçadamente fútil de Beverly Hills. Decidimos separar algumas delas abaixo - o que só reforçou a nossa vontade de revê-lo mais algumas vezes. Para quem ainda tem preconceito com os clássicos da Sessão da Tarde, eis uma ótima oportunidade para rever os seus conceitos e, quem sabe pensar em tomar um banho de loja...

Plim plim

Já que falamos da faixa de filmes vespertina da TV Globo, talvez seja importante dizer que o filme é o quinto mais repetido na história da Sessão da Tarde, com 11 exibições. Aliás, é possível que você tenha visto o filme com duas dublagens diferentes. Compare no vídeo acima.

Baseado no livro de Jane Austen

Emma, livro clássico de Jane Austen, inspirou diversos filmes de Hollywood - inclusive o ótimo homônimo lançado em 2020. Porém, o mais bem-sucedido segue sendo As Patricinhas de Beverly Hills. Apesar das mudanças históricas significativas, Cher Horowitz (Alicia Silverstone) é uma nova versão de Emma Woodhouse, personagem também órfã de mãe, rica, bonita e que tenta ajudar os outros de maneiras não muito recomendadas.

Assalto

LOS ANGELES - JULY 21: The movie "Clueless", written and directed by Amy Heckerling. Seen here from left, Paul Rudd (as Josh) and Alicia Silverstone (as Cher Horowitz). He reads Friedrich Nietzsche. Theatrical wide release, Friday, July 21, 1995. Screen capture. Paramount Pictures. (Photo by CBS via Getty Images)
Paul Rudd e Alicia Silverstone em cena de As Patricinhas de Beverly Hills (Photo by CBS via Getty Images)



Durante as gravações, Paul Rudd, o Josh na trama, foi assaltado e quase morreu após ser alvo de um tiro dos criminosos. “O tiro passou ao lado da minha cabeça, e eles levaram minha mochila, discman (!! risos) e um roteiro de Clueless”, lembrou no livro Clueless - As If!: The Oral History of Clueless as Told by Amy Heckerling, the Cast, and the Crew.

Elenco nem tão adolescente

Assim como na brasileira Malhação, muitas tramas de Hollywood costumam ter atores mais velhos interpretando adolescentes. Apesar de contar com um elenco com muitos menores de idade, As Patricinhas repetiu a prática, com Alicia Silverstone (19 anos), Paul Rudd (26 anos) e, principalmente, Stacey Dash (a eterna Dionne), que tinha 27 anos e um filho de quatro anos, Austin Williams, na época. Brittany Murphy, a Tai Frasier, era uma das atrizes mais novas no set, com apenas 16 anos.

Por falar em moda...

O filme não se tornou tendência por acaso. Isso se deve ao grande trabalho de pesquisa de Mona May, figurinista do filme. "Pesquisei em desfiles de moda, o que estava acontecendo em Paris, Milão e Londres, para trazer todas essas coisas novas, mas tinha que ornar com o roteiro, que era sobre esse grupo de meninas jovens, então transmitimos o espírito da moda para o colegial”, disse ela em entrevista em 2012 (acima, em inglês).

E o conjuntinho xadrez?

Mona May teve também o mérito de conseguir ótimas peças com um orçamento muito enxuto (algo em torno dos US$ 200 mil). Uma das apostas certeiras delas foram os sete conjutinhos xadrez de Cher vistos no filme, por exemplo, incluindo o clássico terninho amarelo feito pela grife Jean Paul Gaultier.

Arrependimento fashion

LOS ANGELES - JULY 21: The movie "Clueless", written and directed by Amy Heckerling. Seen here from left, Stacey Dash (as Dionne Davenport), and Alicia Silverstone (as Cher Horowitz).  Theatrical wide release, Friday, July 21, 1995. Screen capture. Paramount Pictures. (Photo by CBS via Getty Images)
Stacey Dash ( Dionne Davenport) e Alicia Silverstone (as Cher Horowitz) em cena de As Patricinhas de Beverly Hills (Photo by CBS via Getty Images)

Aliás, Alicia Silverstone usou mais de 60 trocas de roupas durante as filmagens - e ficou com todas elas após as gravações. No livro Clueless - As If!: The Oral History of Clueless as Told by Amy Heckerling, the Cast, and the Crew, no entanto, a estrela revelou que não conta mais com nenhuma delas. "Fui boba e acabei dando tudo com o passar do tempo", disse, arrependida.

Antecipou a internet dos dias de hoje...

Cher analisando looks na internet: antecipando os dias de hoje (reprodução)
Cher analisando looks na internet: antecipando os dias de hoje (reprodução)

Cher comprava roupas na internet muito antes do surgimento do e-commerce. Quando o filme estava sendo produzido, na verdade, até mesmo os sites de busca estavam engatinhando. O Yahoo!, um dos pioneiros no segmento, por exemplo, foi criado em 1994, apenas um ano antes do lançamento do longa.

... e até os nossos gadgets

Você se lembra que o computador de tubo de Cher tinha a função de touch-screen? As cenas não foram exatamente uma previsão do filme. A tecnologia foi criada muitos anos antes, pelo britânico E. A. Johnson, em 1965, e apareceu em um computador comercializável pela primeira vez em setembro de 1983, com o HP-150. A função, no entanto, só se tornaria febre uma década após o filme, com a chegada dos smartphones.

A triste morte de Brittany Murphy

LOS ANGELES - JULY 21: The movie "Clueless", written and directed by Amy Heckerling. Seen here, Brittany Murphy (as Tai Frasier). Theatrical wide release, Friday, July 21, 1995. Screen capture. Paramount Pictures. (Photo by CBS via Getty Images)
Brittany Murphy como Tai Frasier) em As Patricinhas de Beverly Hills (Photo by CBS via Getty Images)

Após brilhar como Tai Frasier, Brittany Murphy fez outros filmes de sucesso, como Garota, Interrompida e Sin City. Infelizmente, no auge do sucesso, ela foi encontrada morta em casa em 2009. Apesar das autoridades dizerem que o óbito foi causado por pneumonia e intoxicação por drogas, o irmão da atriz, Tony Bertolotti, disse ao Daily Mail que acredita que a irmã foi assassinada. "Passei anos olhando isso, suprimindo minha própria raiva. Acho que Brittany foi assassinada. Quem matou Brittany? Ela não morreu de causas naturais", disse ele.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos