2 - STJD intima ex-presidente e vice jurídico do Internacional em "Caso Victor Ramos"

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - O STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva) intimou o ex-presidente do Internacional, Vitorio Piffero, e ao atual vice jurídico do clube, Gustavo Juchen, para prestarem esclarecimentos no caso em que a CBF acusa o clube de falsificação de documentos utilizados no "Caso Victor Ramos". A informação foi publicada pelo STJD em seu site oficial na noite desta sexta-feira (24).

O auditor do Pleno, Mauro Marcelo, abriu vista para que o clube gaúcho tenha acesso aos documentos do processo. As manifestações dos intimados ocorrerá na manhã da próxima quinta-feira (30).

O caso analisa a denúncia da CBF feita no ano passado contra o Internacional. A entidade alega que as correspondências eletrônicas anexadas ao processo pelo clube não eram legítimas.

O Inter, já neste ano, contestou o sorteio do auditor Mauro Marcelo para relator do processo. Indicado ao posto no STJD pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), sua participação gerou polêmica.

Ao mesmo tempo, os gaúchos reclamaram da falta de acesso aos documentos processuais. Tanto que a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), inclusive emitiu uma nota oficial solicitando a garantia dos direitos dos advogados do clube.

O "Caso Victor Ramos" teve início em 2016 com a denúncia da suposta inscrição irregular do jogador pelo Vitória. Com a negativa do STJD em julgar o caso, o Internacional buscou seus direitos na CAS (Corte Arbitral do Esporte) e terá julgamento no dia 4 de abril.