2 - São Paulo ainda paga metade do salário de Carlinhos, agora no Inter

JOSÉ EDUARDO MARTINS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Em 31 de janeiro, o Internacional confirmou a contratação de Carlinhos. Porém, engana-se quem pensa que o lateral esquerdo se desligou totalmente do São Paulo para assinar com o time gaúcho.

O jogador, de 30 anos, tinha vínculo com o time do Morumbi até o fim desta temporada, mas não fazia mais parte dos planos de Rogério Ceni. Por isso, a diretoria e o estafe do atleta procuraram um clube para o ala defender.

O Internacional, que já havia mostrado interesse pelo jogador em 2016, apareceu com uma oferta. Para que Carlinhos não sofresse uma redução salarial, o São Paulo ficou responsável por pagar metade do vencimento do atleta (cerca de R$ 110 mil).

No fim da temporada, o jogador e a diretoria vão discutir quais serão os passos seguintes. Existem ainda a possibilidade de o São Paulo ainda ter de pagar alguma compensação a Carlinhos.

Curiosamente, desta maneira, Carlinhos custa mais para o cofre tricolor do que o atacante Luiz Araújo, promessa revelada pela base que recebeu um aumento salarial e teve o seu contrato renovado até 2021.

O lateral chegou ao São Paulo em 2015 e disputou 62 partidas e marcou dois gols. Apesar de ser considerado um jogador habilidoso pelos dirigentes, Carlinhos deixou de entrar em campo muitas vezes por conta de lesões.

O jogador também foi alvo de críticas da torcida. Durante a invasão de integrantes das organizadas ao CT da Barra Funda, no dia 27 de agosto de 2016, Carlinhos sofreu agressão.