2 - Diretor promete mais jogos do Santos no Pacaembu e defende Dorival

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A torcida paulistana do Santos poderá assistir aos jogos do seu time com mais facilidade no restante do ano. Ao menos é isso que ela deve esperar após o diretor de futebol Dagoberto dos Santos afirmar, em entrevista ao "SporTV" nesta quarta-feira (19), que o clube planeja sediar mais partidas no Pacaembu no restante de 2017.

"Nossa ideia é jogar mais no Pacaembu", afirmou o dirigente. "Com certeza será um número maior do que no ano passado. Não temos um definido ainda, estamos analisando a tabela [do Campeonato Brasileiro]. Com certeza o número de jogos no Pacaembu aumentará".

O clube vem de um retrospecto positivo no estádio na capital paulista -apesar da eliminação para a Ponte Preta no Estadual. Considerando a vitória no tempo regulamentar contra o time de Campinas, o Santos tem 18 triunfos consecutivos no Pacaembu.

Dagoberto também reiterou o apoio santista nos bastidores ao técnico Dorival Júnior, que teve sua saída especulada após a queda para a Ponte Preta nos pênaltis. O dirigente afirmou que a demissão do treinador não faria sentido dentro do projeto construído desde 2015, quando Dorival assumiu o cargo.

"Em 2016 consolidamos esse trabalho e tínhamos como objetivo mínimo alcançar a Libertadores. Estamos na fase final, a colheita de todo esse trabalho. Não faz sentido algum, nessa fase do campeonato, trocar nosso técnico. É inconsequente fazer qualquer tipo de atitude a respeito dessa situação", disse.

O Santos entra em campo nesta quarta-feira (19) pela Copa Libertadores, contra o Santa Fe. A partida começa às 21h45 (de Brasília) e será no estádio El Campín, em Bogotá.