2 - Cristian é afastado do Corinthians após declarações contra o clube

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O volante Cristian está afastado do elenco do Corinthians. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (15) depois de uma entrevista do jogador. Após a decisão da diretoria alvinegra, o atleta nem chegou a ir a campo no treino realizado esta tarde no CT Joaquim Grava.

Em declaração ao Lance!, Cristian mostrou-se magoado com o Corinthians e citou um episódio ocorrido durante a pré-temporada nos Estados Unidos. Na ocasião, a aliança do volante sumiu e o clube, segundo ele, não deu apoio esperado no caso que até a polícia foi envolvida.

Cristian, que é dono do segundo maior salário do elenco, atrás apenas de Jadson, ficou fora da lista de 28 inscritos para o Campeonato Paulista, que foi definida em janeiro. Semanas depois, o jogador fez uma reclamação pública sobre o caso.

"Se me avisam antes, em dezembro, quando já estava todo mundo sabendo da programação, seria mais fácil para todo mundo. Não teria esse transtorno todo, nem para mim, nem para o Corinthians. Acho que as pessoas podiam ter sido mais fácil para todo mundo", afirmou em entrevista à Rede Globo.

O atleta de 33 anos voltou ao Corinthians no começo de 2015, mas pouco jogou. Ele participou de apenas 39% dos jogos oficiais da temporada 2015. Foram 26 jogos (14 como titular), de um total de 67 que o Corinthians disputou. No ano passado, a participação caiu ainda mais: 27% - o volante entrou em campo 18 vezes (13 como titular) O time alvinegro fez 67 jogos oficiais na temporada.

Recentemente, o nome de Cristian foi levado à Chapecoense, que apesar dos elogios do treinador Vagner Mancini a ele (trabalharam juntos no Paulista de Jundiaí), fez resistências por informações quanto às partes física e técnica do volante. No ano passado, propostas da Turquia e da China foram mostradas ao jogador, que não quis deixar o Corinthians.

CONFIRA NOTA OFICIAL DO CLUBE

Após reunião entre o Diretor de Futebol Flávio Adauto e o Gerente de Futebol Alessandro Nunes ficou definido o afastamento do atleta Cristian Baroni.

Durante tal período o volante terá todos os seus direitos respeitados e continuará tendo as mesmas condições de trabalho que o restante do elenco no Centro de Treinamento Joaquim Grava, passando a exercer suas atividades em horários a serem definidos pela Comissão Técnica.