2 - Botafoguense é detido por ofensas racistas a familiares de Vinicius Jr.

BERNARDO GENTILE, PEDRO IVO ALMEIDA E VINÍCIUS CASTRO

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Um torcedor do Botafogo causou um tumulto no setor Leste Inferior do estádio Nilton Santos, nesta quarta-feira (16), no empate sem gols entre o time alvinegro e Flamengo, pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil.

O botafoguense foi acusado de proferir ofensas racistas à familiares do jovem atacante rubro-negro Vinícius Júnior e foi preso em flagrante pelos policiais militares, que o encaminharam ao Jecrim (Juizado Especial Criminal do Local).

Uma tia e um tio do jogador se sentiram ofendidos e foram prestar queixa, mas não quiseram conceder entrevista. Os parentes estavam situados em um dos camarotes reservados a delegação do Flamengo. Após o incidente, o local ganhou a segurança de um policial.

Presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo comentou sobre o incidente. "Vi as imagens, pois estava no outro camarote. Aparentemente foi isso aí [crime de racismo]. A Justiça agora vai avaliar".