100% atualizado, 'Bomba Patch' anuncia que vai retirar jogadores que cometerem atos racistas do jogo

LANCE!
·1 minuto de leitura

Mais uma vez os criadores do 'Bomba Patch', que fez a cabeça da garotada no inicio dos anos 2000, mostraram que o jogo é '100% atualizado e ruim de aturar', como diz o jingle do game que é uma modificação do 'Winning Eleven 10'. Em uma atitude de tolerância zero, o perfil oficial do jogo no Twitter afirmou que vai excluir jogadores envolvidos em casos de racismo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

- Todo jogador que cometer casos de racismo será retirado do Bomba Patch, afirmou a publicação, que ainda reforçou apoio ao jogador do Flamengo, Gerson, que afirmou ter sofrido injuria racial vinda do colombiano, atleta do Bahia, índio Ramirez, durante a vitória do clube carioca por 4 a 3, neste domingo, no Maracanã.

Leia também:

O perfil ainda pediu apoio do atacante Richarlison, do Everton e da Seleção Brasileira, que se manifestou sobre o caso também pelas redes sociais.

- Richarlison, RT (compartilhamento da postagem) pra nós, embaixador do Bomba Patch Mundial. Vamos combater os racistas! - afirmou.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos