10 Melhores campanhas das fases de grupos da Libertadores

Boca venceu todos os seis jogos de sua chave. Foto: AP

Por Vinicius Galante

É muito raro que o time de melhor campanha na fase de grupos de uma edição da Libertadores se torne campeão da competição. Dos dez times com melhores campanhas do torneio continental, só um ficou com o titulo. Saiba qual foi na lista a seguir.

Boca Juniors 2015
A melhor campanha da fase de grupos da Libertadores é do Boca Juniors, maior vencedor da história da competição.

Naquele ano, o time argentino venceu todos os seis jogos de sua chave, incluindo duas goleadas de 5 a 0 e 5 a 1 sobre o Zamora, da Venezuela. Os placares elásticos fizeram com que os xeinezes terminassem a etapa com +17 gols de saldo.

A campanha, que tinha tudo para ser histórica, acabou nas oitavas de final. O time foi eliminado depois que torcedores jogaram gás de pimenta em atletas do River Plate na partida de volta entre os times.  Para piorar, o arquirrival argentino foi o campeão daquela competição.

Vasco 2001
Em 2001, o Vasco também venceu os seis jogos da fase de grupos e acumulou 11 gols de saldo. O time ainda avançou pelo Deportes Concepción, do Chile, nas oitavas de final, mas foi eliminado pelo Boca Juniors nas quartas com duas derrotas por 1 a 0 e 3 a 0.

Santos 2007
Em 2007, o Santos terminou a fase de grupos com 100% de aproveitamento depois de vencer todos os jogos contra Defensor Sporting (Peru), Gimnasia y Esgrima (Argentina) e Deportivo Pasto (Colômbia). O time paulista passou ainda por Caracas e América do México, mas foi eliminado pelo Grêmio na semifinal.

Peñarol 1972
Em um grupo com três times, o Peñarol venceu seus quatro jogos contra Deportivo Itália e Carabobo, da Venezuela e terminou a fase com oito pontos ( à época as vitórias valiam dois pontos) . Na etapa seguinte, o time uruguaio foi eliminado com apenas uma vitória em quatro partidas.

Boca Juniors 1965
A Libertadores de 1965 teve duas das melhores campanhas da história da Libertadores, mas nenhum dos times foi campeão daquele torneio.
O Boca Juniors ganhou as quatro partidas da fase inicial, mas foi eliminado na semifinal pelo Independiente, que acabaria campeão.

Santos 1965
Ainda em 1965, o Santos também venceu os quatro jogos da fase inicial, mas teve um saldo de gols inferior ao do Boca Juniors. Na semifinal, o time de Pelé caiu diante do Peñarol, do Uruguai.

Botafogo 1963
O Botafogo de Garrincha passou fácil por Allianza Lima, do Peru, e Millonarios, da Colômbia, na primeira fase da Libertadores, com quatro vitórias em quatro jogos. Na semifinal, a equipe perdeu para o Santos, que viria a ser o campeão.

Blooming 1985
Uma surpresa na lista das dez melhores campanhas da fase de grupos da Libertadores é o Blooming de 1985. O time boliviano venceu cinco partidas e empatou uma contra os rivais Deportivo Táchira, Oriente Petrolero e Deportivo Itália.
Na etapa seguinte, em compensação, o time não venceu um jogo sequer contra Argentinos Juniors e Indepediente e foi eliminado.

Cruzeiro 2011
O Cruzeiro de 2011 arrebentou na primeira fase. Foram cinco vitórias e um empate, com direito a goleadas de 6 a 0, 4 a 0 e 5 a 1. O time mineiro, no entanto, perdeu o confronto contra o Once Caldas e foi eliminado ainda nas oitavas de final.

Santos 1962
O único time das dez melhores campanhas da fase de grupos da Libertadores é o Santos de 1962.  O Alvinegro passou por Deportivo Municipal, da Bolívia, e Cerro Porteño, do Paraguai, com goleadas por 9 a 1 e 6 a 1, respectivamente.
Após eliminar o Universidad Catolica na semifinal, o Santos garantiu seu primeiro título ao superar o Peñarol na decisão.