As 10 contratações mais caras de jogadores africanos da história do futebol

·3 minuto de leitura

Desejo de nove em cada 10 clubes da Europa, as tratativas envolvendo Achraf Hakimi e Paris Saint-Germain estão entre as mais caras da história quando falamos de jogadores africanos. Abaixo, te mostramos como está o ranking atualizado. Acompanhe.

10. Mané: 36 milhões de euros

Mané em ação pelo Liverpool | Gareth Copley/Getty Images
Mané em ação pelo Liverpool | Gareth Copley/Getty Images

Sadio Mané não está só entre as contratação mais caras do Liverpool, como também entre as mais importantes. O senegalês chegou em Anfiend no ano de 2016 depois de duas temporadas no Southampton. Cinco anos mais tarde, ele havia vencido tudo pelo Reds.

9. Salah: 42 milhões de euros

Salah é uma das grandes estrelas atuais do Liverpool | Alex Livesey/Getty Images
Salah é uma das grandes estrelas atuais do Liverpool | Alex Livesey/Getty Images

Pilar das conquistas recentes de Klopp, Salah divide o posto de protagonista do Liverpool com Mané e Van Dijk. O egípcio assinou em 2017, vindo da Roma e, apesar de alguns altos e baixos nos últimos anos, segue firme em Anfield.

8. Haller: 50 milhões de euros

Haller está no Ajax | BSR Agency/Getty Images
Haller está no Ajax | BSR Agency/Getty Images

As negociações de Haller nos mostram um pouco do poderio econômico da Premier League. Em 2019, o West Ham tirou o atacante costa-marfinense do Eintracht Frankfurt pela "bagatela" de 50 milhões de euros. Ele acabou não correspondendo e rumou ao Ajax.

7. Wan-Bissaka: 55 milhões de euros

Wan-Bissaka em ação na pré-temporada do Manchester United | Nathan Stirk/Getty Images
Wan-Bissaka em ação na pré-temporada do Manchester United | Nathan Stirk/Getty Images

Um dos grandes objetivos do Manchester United nas últimas campanhas têm sido fortalecer seu setor defensivo. Duas temporadas atrás, os Red Devils não hesitaram em desembolsar 55 milhões de euros para buscar o lateral-direito do Crystal Palace. Embora Wan-Bissaka seja inglês, suas raízes estão no Congo.

6. Keita: 60 milhões de euros

Meio-campista está no Liverpool desde 2018 | Soccrates Images/Getty Images
Meio-campista está no Liverpool desde 2018 | Soccrates Images/Getty Images

Com passagens pelo Red Bull Salzburgo e RB Leipzig, Keita é mais um dos africanos que desembarcaram em Anfield nas últimas campanhas. Nascido em Guiné, o meio-campista defende as cores do Liverpool desde 2018.

5. Hakimi: 60 milhões de euros

Hakimi já desembarcou no Parque dos Príncipes | FRANCK FIFE/Getty Images
Hakimi já desembarcou no Parque dos Príncipes | FRANCK FIFE/Getty Images

O PSG já havia contratado vários jogadores de "graça" no mercado, mas precisou desembolsar 60 milhões de euros para tirar Hakimi da Inter de Milão. Destaque absoluto na Série A, o marroquino foi ventilado em outras grandes equipes do Velho Continente.

4. Aubameyang: 63 milhões de euros

Contratação do jogador está entre as mais importantes do Arsenal na última década | Marc Atkins/Getty Images
Contratação do jogador está entre as mais importantes do Arsenal na última década | Marc Atkins/Getty Images

Dinheiro bem gasto? Aubameyang está no rol de melhores contratações do Arsenal na última década. Capitão da equipe, o gabonês chegou aos Gunners em janeiro de 2018, vindo do Borussia Dortmund, e se tornou um dos grandes artilheiros da Premier League.

3. Mahrez: 68 milhões de euros

Mahrez esteve presente na estrelada campanha do Manchester City | Chloe Knott - Danehouse/Getty Images
Mahrez esteve presente na estrelada campanha do Manchester City | Chloe Knott - Danehouse/Getty Images

Vencedor da última Premier League, Mahrez foi uma das grandes sensações daquele histórico Leicester que venceu o torneio nacional em 2016. O Manchester City fez questão de contratar o argelino dois anos mais tarde. Bem, se não pode derrotar seu inimigo, junte-se a ele.

2. Bakambu: 72 milhões de euros

Bakambu ainda está no Beijing Guoan, da China | STR/Getty Images
Bakambu ainda está no Beijing Guoan, da China | STR/Getty Images

Ver o nome de Bakambu numa colocação tão alta desta lista pode surpreender, afinal, o centroavante do Congo passa longe de estar entre os mais populares. Contudo, em 2018, o clube chinês Beijing Gouan não hesitou em desembolsar 72 milhões de euros para tirá-lo do Villarreal.

1. Pépé: 80 milhões de euros

Nascido na Costa do Marfim, Nicolas Pépé é a contratação mais cara da história do Arsenal | Matthew Ashton - AMA/Getty Images
Nascido na Costa do Marfim, Nicolas Pépé é a contratação mais cara da história do Arsenal | Matthew Ashton - AMA/Getty Images

Até hoje, as cifras envolvidas nas negociações de Pépé estão no topo de transações mais caras da história do Arsenal. No verão de 2019, foram gastos nada menos que 80 milhões de euros para buscar o atacante, que havia feito uma grande temporada no Lille. Boa chegada?

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos