10 clássicos Real Madrid x Barcelona

Combinação de fotos com o argentino Lionel Messi (E) e o português Cristiano Ronaldo (D), antes do Clássico do dia 23 de abril

Os clássicos entre o Barcelona e o Real Madrid são sempre grandes, mas alguns dos 233 jogos disputados até hoje foram gravados na memória:

1. O primeiro

O "Madrid Foot-Ball Club" e o "Foot-Ball Club Barcelona" se enfrentaram pela primeira vez dia 13 de maio de 1902, em Madri, pelas semifinais da Copa da Coroação, futura Copa do Rei. O Barça venceu por 3 a 1.

2. Empate com 12 gols

Em um jogo de desempate das semifinais da Copa do Rei de 1916, os times empataram em 6 a 6.

3. O primeiro da Liga

Na primeira temporada da Liga, em 1928/29, o Real Madrid venceu o duelo no primeiro turno por 2 a 1 na Catalunha, mas no segundo confronto os catalães se vingaram por 1 a 0, em Madri.

4. O mais sombrio

No dia 13 de junho de 1943 o ambiente era de tensão. O Real Madrid goleou o Barça por 11 a 1 nas semifinais da Copa do Rei. O jogo aconteceu ainda contagiado pela guerra civil espanhola (1936-1939) e alguns historiadores afirmam que jogadores do Barça foram ameaçados.

5. O jogo de Di Stéfano

Com a transferência de Alfredo Di Stéfano nos anos 1950, a rivalidade Barça e Real ganhou corpo. O argentino poderia ter defendido o Barcelona, mas escolheu morar na capital. Di Stéfano se tornou merengue por uma decisão judicial. O Barça perdeu por 5 a 0 com dois gols do atacante, em seu primeiro clássico em outubro de 1953.

6. O jogo de Cruyff

Por outro lado, o primeiro clássico de Johan Cruyff mudou o destino do Barcelona. O time venceu por 5 a 0 no Bernabéu, dia 17 de fevereiro de 1974. Nesta temporada, o Barça voltou a vencer a Liga, depois de 14 anos sem títulos.

7. As revanches

Nos anos 1990, o "Dream Team" catalão treinado por Cruyff venceu o Real Madrid por 5 a 0, em janeiro de 1994. No ano seguinte, os madrilenhos se vingaram com outro 5 a 0, liderado pelo dinamarquês Michael Laudrup, ex-jogador do Barça.

8. O mais quente

Em 2002, o Camp Nou recebeu como traidor o português Luis Figo, que foi contratado por Florentino Pérez para o Real Madrid, vindo do Barcelona, em 2000. Vaiado do início ao fim, o primeiro "Galático" não conseguiu bater um escanteio por conta de uma chuva de objetos que eram lançados da arquibancada. A partida foi paralisada e o jogo acabou empatado, sem gols.

9. O mais difícil

Na última década, o Barcelona emplacou várias vitórias seguidas: um 6 a 2 no Bernabéu, em maio de 2009, ou um 5 a 0 no Camp Nou, em novembro de 2010. Mas uma das mais doloridas foi a derrota por 4 a 0 sofrida pelo Real Madrid, dia 21 de novembro de 2015, quando o técnico Rafael Benítez foi demitido abrindo as portas para a chegada do francês Zinedine Zidane.

10. O mais recente

Em dezembro de 2016, o Barcelona recebeu o líder Real Madrid, que tinha seis pontos de vantagem na classificação. O Barça teve a chance de diminuir a distância com gol do uruguaio Luis Suárez, aos 8 minutos do segundo tempo, mas Sergio Ramos conseguiu manter a invencibilidade merengue aos 45 minutos da etapa final. O time de Zidane ficou 40 jogos sem perder na temporada, estabelecendo um novo recorde na Espanha.