Único negro, senegalês é técnico com menor salário da Copa

Folhapress

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Senegal estreou na Copa do Mundo com uma vitória de 2 a 1 sobre a Polônia, nesta terça-feira (20). À frente do time, o ex-capitão e agora técnico Aliou Cissé vibrou com o resultado.

Ele é o único negro a comandar uma equipe no Mundial. Segundo o canal de TV holandês Zoomin e o site Futebol Finance, Cissé é o profissional com menor salário entre os técnicos do Mundial.

O africano recebe 200 mil euros (R$ 869 mil) por ano, segundo a TV e o site.

Cissé, como jogador, passou por times médios do futebol inglês e nada tem a ver com o atacante francês Djibril Cissé.

"Sou o único técnico negro nesta Copa do Mundo. Este é um longo debate que não tem a ver com futebol. A cor de sua pele não deve ser relevante em um esporte universal, mas é importante sim ter um técnico negro, afirmou. Na visão de Cissé, o futebol africano também tem produzido técnicos de qualidade, além dos jogadores de destaque mundial.

O ranking tem o Joachim Löw em primeiro lugar, com salário anual de 3.800 milhões de euros (16,5 milhões de reais). Tite é o segundo colocado, com 3.500 milhões de euros (15,2 milhões de reais).

Veja a lista do site:

1º Joachim Löw - Alemanha - 3 800 000 de euros (16,5 milhões de reais)

2° Tite - Brasil - 3 500 000 de euros  (15,2 milhões de reais)

3° Didier Deschamps - França - 3 500 000 de euros (15,2 milhões de reais)

4º Stanislav Cherchesov - Rússia - 2 600 000 de euros (11,3  milhões de reais )

5º Fernando Santos - Portugal -  2 500 000 de euros (10,8  milhões de reais)

6º Gareth Southgate - Inglaterra - 2 000 000 de euros (8,6  milhões de reais)

7º Carlos Queiroz - Irã - 1 800 000 de euros (7,8  milhões de reai)

8º Oscar Tabarez - Uruguai - 1 700 000 de euros (7,3  milhões de reais)

9º Jose Perkerman - Colômbia - 1 500 000 de euros (6,5  milhões de reais)

10º Hector Cuper - Egito -  1 500 000 de euros (6,5 milhões de reais)

11º Jorge Sampaoli - Argentina - 1 400 000 de euros (6  milhões de reais)

12º Juan Antonio Pizzi - Arábia Saudita - 1 400 000 de euros (6  milhões de reais)

13º Bert van Marwijk - Austrália - 1 300 000 de euros  (5,6 milhões de reais)

14º Ricardo Gareca - Perú - 1 200 000 de euros  (5,2  milhões de reais)

15º Vahid Halilhodzic - Japão -  1 000 000 de euros (4,3  milhões de reais)

16º Juan Carlos Osorio -  México -  1 000 000 de euros  (4,3 milhões de reais)

17º Age Hareide  - Dinamarca - 1 000 000 de euros (4,3 milhões de reais)

18º Roberto Martinez  - Beégica - 800 000  euros (3,4  milhões de reais)

19º Herve Renard - Marrocos - 800 000  euros (3,4  milhões de reais)

20º Vladimir Petkovic - Suíça - 800 000  euros (3,4 milhões de reais)

21º Zlatko Dalic - Croácia - 700 000 euros (3 milhões de reais)

22º Gernot Rohr - Nigéria - 500 000 euros (2,1 milhões de reais)

23º Heimir Hallgrímsson - Islândia - 500 000 euros (2,1 milhões de reais)

24º Janne Andersson - Suécia - 500 000 euros (2,1  milhões de reais)

25º Oscar Ramirez - Costa Rica - 400 000 euros (1,7 milhão de reais)

26 Hernan Dario Gomez - Panamá - 400 000 euros (1,7 milhão de reais)

27º Shin Tae-Yong - Coreia do Sul - 400 000 euros (1,7 milhão de reais)

28º Nabil Maâloul - Tunísia - 300 000 euros (1 milhão de reais)

29º Mladen Krstajic - Sérvia - 300 000 euros (1 milhão de reais)

30º Adam Nawalka - Polônia - 200 000 euros  (869 mil reais)

31º Aliou Cissé - Senegal - 200 000 euros (869 mil reais)

32º* Julen Lopetegui (demitido) - Espanha -  3 000 000 de euros (13 milhões de reais)

Leia também