Última chance do Uruguai trará emoção ao confronto do Grupo H contra Gana

Luis Suárez após derrota para Portugal

Por Martin Petty

DOHA (Reuters) - O Uruguai precisa vencer na sexta-feira para evitar uma eliminação precoce da Copa do Mundo, acrescentando drama ao confronto com Gana, pelo Grupo H.

O Uruguai está obrigado a vencer no Al Wakrah para passar à próxima fase, e para isso precisará que seus atacantes revertam a má fase, que levou a "celeste" a empatar em 0 x 0 com a Coreia do Sul e perder por 2 x 0 para Portugal.

Os veteranos Luis Suárez e Edinson Cavani e o talentoso Darwin Núñez tiveram dificuldades nos primeiros jogos, e o técnico Diego Alonso terá que decidir se mantém a confiança neles ou aposta em Facundo Pellistri e Maxi Gómez, que proporcionaram os poucos momentos de emoção do Uruguai.

Para Gana, por sua vez, um empate pode ser suficiente para acompanhar Portugal à fase eliminatória, embora um ponto possa significar mais sofrimento para o time africano na sexta-feira em dois jogos simultâneos.

Se Gana apostar no empate, a torcida será para o já classificado Portugal vencer a Coreia do Sul, equipe famosa pelo seu espírito combativo, como ficou demonstrado quando saiu de dois gols atrás para buscar o empate diante da seleção africana na segunda-feira antes de perder por 3 x 2.

Para Gana, uma vitória pode vingar a amarga derrota nas quartas de final para o Uruguai na Copa do Mundo de 2010, quando Suárez usou a mão para bloquear um gol na prorrogação para Gana, que errou a penalidade que se seguiu e perdeu na disputa de pênaltis.

O técnico Otto Addo disse que isso não passará pela cabeça e que sabe que sua seleção terá que fazer o possível para parar o Uruguai, que disputa sua 14ª Copa do Mundo e chegou às oitavas de final nas últimas três participações.

"Eles têm atacantes muito bons, muita experiência e são uma equipe muito compacta e muito boa", afirmou. "Todos os jogos vão ser no limite e temos de dar o nosso melhor para vencer (...) Estou suficientemente confiante para saber que podemos vencer este jogo."

O Uruguai não deixa uma Copa do Mundo na fase de grupos há 20 anos, e o técnico Alonso sabe que será preciso algo diferente e especial contra Gana, que chegou às oitavas de final em duas de suas três participações em Copas do Mundo.