Ídolo do Santos, Juary deixa o comando do Sub-13

·1 minuto de leitura


O Santos segue fazendo mudanças dos técnicos e na estrutura das categorias de base do clube. Um dos ídolos do Peixe, Juary deixou o comando do Sub-13 nesta terça-feira e passa a ser o quinto treinador a deixar de assumir uma categoria do Peixe.

Aos 62 anos, Juary atuou em 229 jogos pelo Alvinegro e marcou 101 gols. Ele voltou ao clube no final do ano passado durante a gestão de transição de Orlando Rollo.

No Sub-15, que não está com treinos presenciais, Flávio Antunes, o Flavinho, também não é mais o técnico, mas permanecerá no Santos. O novo treinador será Raphael Bahia. Após a eliminação na primeira fase do Campeonato Brasileiro Sub-17, Elder Campos deixou o comando da equipe. O novo treinador é Gabriel Bussinger, ex-Avaí.

Aarão Alves e do seu irmão, André, foram demitidos comando do Sub-20 e Rodrigo Chipp, que estava como auxiliar no Sub-23, assumiu a equipe. Ele terá Elder Campos, que estava no comando do Sub-17, como seu auxiliar. Edinho, filho do Rei Pelé, deixou o comando do Sub-23 e o Santos aguarda a resposta de Maurício Copertino para assumir o cargo

Outra mudança foi a demissão do supervisor geral da base, Ricardo Occhiuto. Contratado em abril para voltar ao clube por indicação do ex-membro do CG José Renato Quaresma, Occhiuto chegou a viajar com a delegação profissional para a partida contra o The Strongest, na Bolívia, mas foi desligado por decisão administrativa. O Peixe também contratou Rodrigo de Carvalho para o cargo de coordenação de captação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos