Ídolo do Real e da seleção francesa, Raymond Kopa morre aos 85 anos

Raymond Kopa, ídolo do Real Madrid e da seleção francesa, morreu aos 85 anos, na manhã desta sexta-feira. Bola de ouro em 1958, o meia é tratado como um dos principais jogadores da história de seu país, tendo disputado as Copas de 1954 e 1958.

O ex-jogador europeu já vinha sofrendo com problemas de saúde, e estava internado. Nesta sexta, acabou não resistindo a uma piora em seu estado e faleceu.

Kopa é um dos grandes ídolos da história do Real Madrid. Na década de 50, formou um dos maiores ataques da história do clube, junto com Alfredo Di Stéfano, Ferenc Puskas, entre outros grandes nomes da época. Pelos espanhóis, venceu três vezes a Liga dos Campeões.

Em seu site oficial, o time da capital espanhola publicou uma nota lamentando a morte do francês, e também relembrando os feitos de Raymond na agremiação de Madri.

Além do Real, Kopa defendeu outros dois clubes, ambos de seu país natal: o Angers e o Reims. Pela seleção francesa, enfrentou o Brasil na semifinal da Copa de 1958, mas não conseguiu superar o time de Pelé e Garrincha, que marcou 5 a 2, avançando para a decisão e, posteriormente, conquistando o primeiro título mundial do País.