Ídolo do Barça, Stoichkov chama Messi de Deus e provoca CR7

Ex-jogador búlgaro afirmou que argentino pode ser comparado com jogadores como Pelé, Maradona e Cruyff

Em entrevista ao site francês "SFR Sport", o búlgaro Hristo Stoichkov, um dos grandes ídolos da história do Barcelona, chamou Lionel Messi de 'Deus', o colocando como um dos melhores da história. Diferentemente de Cristiano Ronaldo, a quem ele provocou.

- Comparamos muito Cristiano e Messi. Mas, o argentino é comparado com Pelé, Maradona, Cruyff... símbolos do futebol mundial, da história. Só comparam o Cristiano com Messi, essa é a diferença. Um deles é um Deus. O outro pode chegar um dia a fazer algo... - afirmou o búlgaro.

Enquanto jogou pelo Barcelona, de 1990 a 1998 - saindo apenas para o Parma na temporada 1995/96 -, ele formou uma parceria de sucesso com Romário. Pela equipe catalã, Stoichkov conquistou uma Liga dos Campeões em 1991/92, quatro vezes o Campeonato Espanhol, em 1990/91, 1991/92, 1992/93 e 1993/94, entre outros títulos.



E MAIS: