Élber foi inspiração para Lewandowski e torce por recorde no Bayern

Goal.com

Você já leu por aqui a opinião forte de Élber a respeito de Philippe Coutinho no Bayern e sobre como a hegemonia dos Bávaros na Alemanha não é saudável para a Bundesliga, além das razões que fazem de Dortmund x Schalke o maior clássico do futebol alemão. Nesta última parte da entrevista com a Goal Brasil, o tema abordado pelo ex-atacante é Robert Lewandowski.

O polonês foi contratado em 2014, junto ao Borussia Dortmund, e desde então passou a ser um dos principais nomes do Bayern de Munique. Além dos títulos conquistados, os 230 gols marcados só o colocam abaixo de Gerd Müller, com o talvez inalcançável número de 564 tentos, como maior goleador dos Bávaros em todos os tempos.

E segundo revelado por Élber, Lewandowski se inspirou no maior goleador brasileiro do Bayern quando ainda recebia as dicas de seu pai, na Polônia.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Ele me falou que o pai dele acompanhava muito a Bundesliga e dizia para ele: ‘você tem que ser igual a este jogador, o Giovane Élber’. Pô, aí eu peguei e falei pra ele: você não foi nem é igual, você é melhor do que eu!’. É impressionante o foco que ele tem, a tranquilidade que ele tem, a pessoa que ele é... é um cara espetacular”, disse Élber.

Torcida por Champions e recorde quebrado

Mas apesar de ter marcado menos gols do que Lewandowski, Élber tem algo que o goleador polonês ainda não conseguiu: um título de Champions League pelo Bayern.

E, por experiência própria, o brasileiro sabe a dificuldade desta missão. Perguntado se era mais fácil Lewandowski superar o recorde estipulado por Gerd Müller, entre 1971-72, como maior artilheiro de uma edição da Bundesliga (40 gols; hoje o polonês soma 25) ou conquistar uma Champions, Élber acredita que a primeira opção é a mais provável.

ONLY GERMANY Robert Lewandowski Bayern Munchen
ONLY GERMANY Robert Lewandowski Bayern Munchen
Lewandowski, em ação pelo Bayern (Foto: Getty Images)

“Puxa vida... Eu acho que hoje está mais fácil para ele superar o número de gols feitos em uma temporada. Faltam vários jogos e acho que ele pode até chegar nesta marca do Gerd Müller, porque ele é um cara que faz o golzinho dele em quase todo jogo. A Champions já envolve mais coisa, mas eu ficaria, claro, muito feliz se ele superasse a marca do Gerd Müller e conquistasse uma Champions”.

Gol da superação contra o Real Madrid

Champions League FC Bayern Munchen Real Madrid Giovane Elber 09052001
Champions League FC Bayern Munchen Real Madrid Giovane Elber 09052001
(Foto: Getty Images)

Na campanha rumo ao título europeu de 2000-01, Élber viveu momentos marcantes. Perguntado, por exemplo, sobre o gol mais especial de sua carreira, o hoje embaixador do Bayern relembrou quando estufou as redes do Real Madrid na vitória por 1 a 0, dentro do Santiago Bernabéu, na ida das semifinais.

A jogada em si não foi o principal, e sim a história de superação que poucos sabem.

“Eu tinha feito uma cirurgia no joelho sete dias antes desta partida. E na hora que chegou no jogo, eu ainda estava com os pontos no joelho. O treinador falou que eu ia ficar no banco, para entrar só se precisasse, mas eu disse: ‘não, não. Eu tô pronto para jogar. Doutor, tira os pontos aqui porque eu quero jogar’”, relembra.

“Tiraram os pontos do meu joelho, e eu entrei no jogo. Falei: ‘nem que eu jogue só o primeiro tempo’. Aí o negócio foi indo, foi indo, e o treinador falou para eu ficar no segundo tempo também. E aí no segundo tempo eu fiz o gol sobre o Iker Casillas. Para mim não foi um dos melhores jogos, mas por tudo o que aconteceu antes pra mim este jogo sempre fica na memória”.

Leia também