'É impossível controlar o Messi. Ele é imparável', diz Guardiola após derrota do Manchester City

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Se tinha alguém que sabia dos riscos de enfrentar Lionel Messi, com certeza este alguém era Pep Guardiola. Ex-treinador do Barcelona, o atual comandante do Manchester City, que foi derrotado para o PSG nesta terça-feira pela Champions League, com direito ao primeiro gol do argentino no clube francês, afirmou que não se pode parar o seis vezes melhor do mundo.


+ Veja a tabela e os jogos da Champions League

Após a partida, em entrevista coletiva, o catalão disse que o duelo "foi fantástico", parabenizou o PSG pelo triunfo e falou da atuação do argentino.

- Quero dar os parabéns ao PSG pela vitória. Fizemos um jogo muito bom, com personalidade. Foi um jogo fantástico. Deveríamos ter marcado e não o fizemos, por isso perdemos. É impossível controlar o Leo (Messi) durante 90 minutos. Ele é imparável - disse Guardiola.

+ Veja os destaques brasileiros no fim de semana do futebol europeu

Guardiola elogiou a atuação do Manchester City, que, segundo o treinador, foi parecida com a vitória sobre o Chelsea no último sábado, e afirmou que sua equipe jogou para vencer, mas citou que o PSG tem um contra-ataque muito perigoso.

- Estou feliz com a forma como jogamos, foi como em Stamford Bridge. Neste tipo de jogo, aqueles momentos (gol perdido por Bernardo Silva) são sempre importantes. Eles se defenderam bem no fundo e um contra-ataque deles é sempre perigoso. É uma pena porque jogamos para ganhar, mas não conseguimos marcar um gol - completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos