"É difícil poupar o melhor", revela Luis Enrique sobre Messi

Lionel Messi, em Barcelona, em 8 de março de 2017

O treinador do Barcelona Luis Enrique declarou, neste sábado, que "é difícil preterir o melhor do mundo", depois de ser perguntado sobre as chances de poupar o argentino Lionel Messi dos próximos jogos.

"Está com os mesmos números da temporada passada. Até mesmo acima, porque no ano passado ficou uns meses machucado. É difícil preterir o melhor jogador do mundo", falou Luis Enrique sobre as chance de poupar a estrela antes das quartas de final da Liga dos Campeões, contra a Juventus.

O treinador também comentou o sorteio que colocou a rival da final na Champions de 2015 como adversário nas quartas de final desta edição.

"Nas quartas não tem como esperar um rival sem importância. Conhecemos eles de outros encontros. Desde a final em Berlim, eles mudaram alguns jogadores, mas continuam perigosos", falou o espanhol.

O Barcelona é o vice líder da Liga, a dois pontos do Real Madrid, e recebe o Valencia, no domingo.

"É um rival que sempre foi difícil, não apenas aqui como em Valencia. É complexo e tem jogadores importantes, apesar de não estarem bem classificados. É um time potente e que precisa ser vigiado. Vai ser difícil", analisou Luis Enrique.

O treinador anunciou que não vai continuar na equipe após o fim da temporada e comentou a possibilidade do seu auxiliar, Juan Carlos Unzue, assumir a responsabilidade.

"Não vou me pronunciar nem me zangar. Somos amigos há muitos anos. Vocês já sabem minha opinião, vou ficar à margem disso. É o melhor para todos", indicou Luis Enrique.