Ângelo faz história na Libertadores, e Santos vence San Lorenzo na Argentina

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Se há um clube no Brasil que faz valer a máxima da 'camisa pesada', este clube é o Santos. Mesmo com inúmeras baixas por motivos clínicos, o clube da Vila Belmiro mostrou mais uma vez o porquê de ser um dos clubes mais temidos e respeitados da América: corajoso desde o pontapé inicial, o Peixe foi pra cima do San Lorenzo e acabou recompensado pelo arrojo, vencendo os argentinos por 3 a 1 no Nuevo Gasómetro e abrindo grande vantagem na terceira fase prévia da Libertadores.

Autor do belíssimo gol que inaugurou o marcador, o atacante Lucas Braga foi eleito o 'nome do jogo' pela Conmebol. Contudo, o ápice da noite foi, sem nenhuma dúvida, o tento que fechou o placar: nos acréscimos do duelo, o garoto Ângelo aproveitou rebote dado pelo goleiro do San Lorenzo e balançou as redes, escrevendo seu nome na história da competição. Com apenas 16 anos e 3 meses de idade, a joia alvinegra se tornou o atleta mais jovem a anotar um gol em Libertadores.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Com a vitória por 3 a 1 em solo argentino, o Santos deu um grande passe para confirmar sua classificação à fase de grupos da competição continental. O Peixe volta a encarar o time de Almagro na próxima terça-feira (13), na Vila Belmiro.