Áudios divulgados pela Conmebol confirmam que VAR viu invasão de Deyverson em gol do Palmeiras

·1 minuto de leitura


A polêmica que permeou o a atuação da arbitragem no duelo entre Palmeiras e Atlético-MG pela semifinal da Libertadores foi esclarecida. Em áudios da cabine do VAR divulgados pela Conmebol, constatou-se que a equipe de vídeo percebeu a invasão de campo por parte de Deyverson.

A infração aconteceu durante o lance do gol de empate, que garantiu a classificação ao Verdão. Na jogada, quando Gabriel Veron passou por Nathan Silva, o camisa 9, que estava no aquecimento, adentrou o campo de jogo. Em razão disso, foi advertido com cartão amarelo.

Confira o diálogo entre os árbitros:

– Pode advertir o jogador que está aquecendo, que comemorou o gol – afirma um dos auxiliares.

– Tudo bem. Número 9 de quem foi advertido? – pergunta o árbitro do VAR, Andres Cunha.

– Do Palmeiras – esclarece o auxiliar no vídeo.

Além desse ponto, a arbitragem de vídeo aproveitou para conferir outras duas possíveis irregularidades. Primeiro, se havia algum toque de mão na finalização de Dudu e, depois, se Gabriel Veron havia deslocado seu defensor com alguma carga faltosa. Como nenhum se confirmou, o tento foi validado.

Após a partida, Deyverson ironizou o lance com uma postagem citando que "queriam achar algo para não falar da conquista". Nas redes sociais, muitos torcedores condenaram a irresponsabilidade do atacante, que poderia ter prejudicado o Palmeiras na partida decisiva.

Classificado à final, o Verdão espera o confronto entre Flamengo e Barcelona de Guayaquil para descobrir seu adversário na decisão. O jogo que pode coroar o clube com o terceiro título da Libertadores acontece no dia 27 de novembro no Estádio Centenário, em Montevidéu, Uruguai.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos