Árbitro relata ofensas de observador técnico do Corinthians após derrota para o Atlético-GO

·1 minuto de leitura


O árbitro catarinense Bráulio da Silva Machado acusa o observador técnico do Corinthians, Mauro da Silva, de ter proferido xingamentos após a derrota corintiana por 2 a 0 para o Atlético-GO, na última quarta-feira (2), na Neo Química Arena, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

>> Confira a tabela do Brasileirão e simule os jogos do Corinthians
>> Baixe o novo app de resultados do L!

De acordo com a súmula da partida, assinada por Bráulio, Mauro ‘sem máscara de proteção, aos gritos e com o dedo em riste proferiu as seguintes palavras: seu ladrão, safado, você sempre vem roubar o Corinthians, vou te esperar para te pegar lá fora’. O árbitro ainda conclui dizendo que ‘se sentiu ofendido e ameaçado com o comportamento do integrante da comissão citado acima’.

Aos 17 minutos do segundo tempo da derrota para o Dragão, quando o jogo já estava 2 a 0 contra o Timão, o lateral-direito Fagner foi expulso, após matar um contra-ataque puxado pelo atacante Zé Roberto. No primeiro tempo, o atleta corintiano já havia se estranhado com o camisa 9 do time atleticano e revidou uma entrada tomada no minuto anterior, que resultou no primeiro cartão amarelo recebido.

Na súmula, Bráulio da Silva Machado classificou o segundo cartão amarelo como ‘entrada temerária’.

Após o jogo, Fagner postou uma foto em uma das suas redes sociais onde mostra um corte profundo na perna, oriundo do lance da sua expulsão.

O retrospecto do Timão em jogos apitados por Bráulio da Silva Machado é equilibrado. Em nove partidas, são três vitórias, três empates e três derrotas corintianas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos